terça-feira, 11 de agosto de 2020

FOTO: O Exército Federal da Áustria

Homens do recriado Bundesheer (Exército Federal) da Áustria durante um exercício de demonstração de combate (Gefechtsvorführung) em Bruck an der Leitha, 1958.


O Bundersheer estava armado com material americano, soviético e alemão, e veste o novo camuflado austríaco Kampfanzug 1957. O capacete é o M1 americano e a arma de apoio ao GC a venerável metralhadora MG42. O T-34/85 foi deixado pela Força de Ocupação soviética, uma força de 150 mil homens que deixou a Áustria em 1955.

Composto de exército (Landstreitkräfte), aeronáutica (Luftstreitkräfte) e, atualmente, das forças especiais (Spezialeinsatzkräfte), o Exército Federal foi criado em 7 de setembro de 1955 para solucionar a questão alemã no ambiente de bipolaridade da Guerra Fria. Apesar de padronizar seu material com fornecedores ocidentais, a função do Bundersheer era manter a neutralidade da Áustria.

Apenas um ano depois de sua fundação, durante a crise húngara de 1956, o novo exército federal teve que provar seu valor e foi mobilizado para a fronteira de modo a garantir sua inviolabilidade; garantindo assim a neutralidade e, com isso, a independência da Áustria.

Leitura recomendada:


VÍDEO: Alemanha Ano Zero, 19 de maio de 2020.



FOTO: Espanhóis em Saragoça, 28 de fevereiro de 2020.



Nenhum comentário:

Postar um comentário