sexta-feira, 26 de abril de 2019

CLASSE TAMANDARÉ. O futuro navio de escolta da marinha do Brasil.

FICHA TÉCNICA
Tipo: corveta.
Tripulação: 120 tripulantes*.
Data do comissionamento: Entre 2024 a 2028*.
Deslocamento: 3455 toneladas.
Comprimento: 107,2 mts.
Boca: 15,95 mts.
Propulsão: 4 Motores MAN 12V 28/33 DSTC produzem 21840 shp.
Velocidade máxima: 28 nós (52 km/h).
Alcance: 5000 mn (9260 Km) em velocidade econômica (14 nós/ 26 km/h)
Sensores: 1 radar tridimensional BAE  Type 997 Artisan 3D com 200 km de alcance; Radar de navegação Raytheon de banda X, Radar de controle de fogo Thales STIR 1.2 EO MK2; Um sistema eletro-óptico SAFRAN Pasei XLR e um sonar de casco ATLAS Elektronik ASO 713
Armamento: 2 lançadores duplos MBDA ITL-70A para mísseis MM-40 Exocet Block I e Block III; Um lançador vertical para 16 mísseis Sea Ceptor; Um canhão Leonardo Super Rapid de 76 mm; 1 canhão CIWS Bofors 40 mm MK-4, dois lançadores triplos de torpedos MK-46 e duas metralhadoras pesadas M2HB em calibre 12,7 mm (.50)
*Dado estimado

segunda-feira, 22 de abril de 2019

EU SOU O EXÉRCITO


Luís Alves de Lima e Silva, Duque de Caxias - Patrono do Exército

BRAÇO FORTE, MÃO AMIGA! É assim, fundamentado nessas duas simples expressões, que eu, o Exército Brasileiro, ao longo de 371 anos de existência, tenho buscado pautar minhas ações para defender a nossa Nação e garantir os poderes legalmente constituídos em nossa Carta Magna e o império da lei e da ordem.

BRAÇO FORTE, quando derrotei, no dia 19 de abril de 1648, o invasor estrangeiro nas férteis terras nordestinas, momento épico em que negros, brancos, índios e mestiços, irmanados e ombreados, sob o comando dos “Heróis da Pátria”, imortalizaram Guararapes como o berço da nossa nacionalidade.

MÃO AMIGA, quando ao final da Revolução Farroupilha, o Duque de Caxias, meu Patrono e Herói Nacional, garantiu a liberdade a todos os cativos farrapos, incorporando nas Unidades do Exército Imperial todos os negros libertos, com especial destaque para os ex-integrantes da brava “Legião de Lanceiros Negros”. Caxias, homem à frente de seu tempo, era conciliador e cultuava os princípios de igualdade e fraternidade.

BRAÇO FORTE, quando reagi, intransigentemente, às tentativas de fragmentação do território e da unidade nacional, durante as revoltas internas e a guerra de independência, bem como às investidas de ideologias totalitárias.

MÃO AMIGA, quando emprestei aos feridos aliados nas duas grandes Guerras Mundiais a competência e a sensibilidade da mulher brasileira, representadas pelas enfermeiras do Exército que serviram nessas contendas.

BRAÇO FORTE, além-fronteiras, quando venci as Campanhas do Prata, combati em solo italiano, durante a 2ª Guerra Mundial, para restabelecer a paz e a liberdade, e participei dos esforços para a manutenção da paz em diversos países, em especial para a estabilização do Haiti, por mais de uma década.

MÃO AMIGA, ao coordenar e apoiar, dentre outras operações de caráter subsidiário, a Operação Pipa, distribuindo, emergencialmente, há quase 20 anos, água potável a mais de 4 milhões de cidadãos brasileiros, moradores de quase 900 municípios afetados pela seca.

BRAÇO FORTE, ao manter homens e mulheres em permanente estado de prontidão, aptos e capacitados a defender a Pátria, até mesmo com o sacrifício da própria vida.

MÃO AMIGA, ao planejar e executar a operação de grande complexidade conhecida como Força-Tarefa Logística Humanitária em Roraima. Com o apoio da Marinha do Brasil e da Força Aérea Brasileira, minhas Forças coirmãs, e de outros órgãos, agências e organizações não governamentais, a Operação Acolhida leva estabilidade à região de fronteira e, acima de tudo, atendimento digno, humano e profissional aos imigrantes venezuelanos.

A cada celebração em que comemoramos mais um ano de existência é imprescindível olhar para trás, em reflexão ao que já foi realizado, na busca das lições aprendidas e da melhoria contínua.

É nesse sentido que eu, o BRAÇO FORTE e a MÃO AMIGA de ontem, de hoje e de sempre, tenho procurado estar alinhado aos anseios da sociedade, aos valores da nossa nacionalidade e à grandiosidade do futuro da nossa Nação.

Àqueles que não percebem a relevância dessa trajetória, e que hoje tentam macular minha imagem e minha coesão, responderei com mais trabalho, dedicação, transparência, gestão eficiente dos recursos públicos e com uma conduta exemplar, sempre amparada nos parâmetros legais.

Brasileiros! Estejam certos de que vocês, homens e mulheres que me confiam os mais altos índices de credibilidade institucional, são a força que guia o meu braço e a brandura que orienta a minha mão.

BRASIL ACIMA DE TUDO!

Gostou desta publicação? Receba todas as novas matérias do WARFARE Blog nos seguindo nas redes sociais: INSTAGRAMFACEBOOKMeWe e TWITER. Não deixe de compartilhar também!
Prestigiem nossos parceiros também:
NAVIOS DE GUERRA WARFARE Blog: https://www.facebook.com/groups/2186884164961505

Conheça a loja virtual Point 36! Nela você pode encontrar tudo o que você precisar! Pode ser um perfume, pode ser um notebook, pode ser uma bicicleta! Não feche negócio antes de consultar nossos preços! Clique no banner abaixo para conferir as ofertas!

domingo, 14 de abril de 2019

LOCKHEED MARTIN THAAD. A resposta às ameaças de mísseis balísticos de curto é médio alcance.


FICHA TÉCNICA
Motor: Propelente sólido de estágio único Thiokol TX-486-1
Velocidade: 10800 km/h
Alcance: 200 km.
Altitude: 150 km
Comprimento: 6,17 m.
Peso: 900 kg.
Ogiva: (não tem)
Lançadores: Caminhão M-1074.
Guiagem: IR ativo a base de Antimoneto de Índio com atualização por datalink.