quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

BAE SYSTEMS BOFORS FH-77 BW 52 ARCHER. O martelo de batalha viking!

FICHA TÉCNICA
Tripulação: 4 homens.
Motor: Um motor Volvo D9AACE2 com 343 hp de potência.
Peso: 33,5 toneladas.
Comprimento: 14,3 m.
Largura: 3 m.
Altura: 3,3 m.
Autonomia: 500 km.
Velocidade: 70 Km/h em estrada.
Passagem de vau: 1,2 m.
Obstáculo vertical: 0,50 m.
Trincheira: 0,9 m.
Inclinação frontal: 60º.
Inclinação lateral: 30º.
Armamento: Um canhão modelo FH 77B  com 52 calibres em calibre 155 mm;  Uma metralhadora M2HB em calibre 12,7 mm (.50) insrtalada em uma torre remotamente controlada Protector.
Alcance das granadas: Convencional: 30 km; Granada propelida: 40 Km a 60 km (granada Excalibur).

DESCRIÇÃO
Por Carlos Junior
O sistema de artilharia auto propulsado FH-77 BW 52 Archer, desenvolvido pela BAe Systems Bofors começou a ser projetado em 1995. Originalmente se previa que o Archer fosse armado com um canhão de 155 mm e com 39 calibres de comprimento FH-77. Posteriormente se decidiu armá-lo com um canhão mais moderno no mesmo calibre, porém com cano mais longo, de 52 calibres. O Archer com esse novo canhão passou a ser chamado de FH-77 BW 52.
A Suécia encomendou 2 protótipos do novo obuseiro auto-propulsado em 2003. Em 2008 a Suécia encomendou sete unidades do Archer, junto com a Noruega, nação que entrou no programa de desenvolvimento do Archer através de um contrato de cooperação e encomendou uma única unidade para avaliação. Já em agosto de 2009 os dois países encomendaram mais 24 unidades, cada, do Archer.
Acima: A Archer FH-77 BW 52, inicialmente projetado para uso no exército sueco, acabou recebendo a participação da Noruega no desenvolvimento desta moderna arma de artilharia móvel.
O Archer tem como veículo o caminhão Volvo A-30D, configurado com tração 6X6, cuja cabine e compartimento do motor possui blindagem capaz de resistir a impactos de projéteis de armas leves em calibre até 7,62x51 mm perfurante de blindagem, fragmentos de granadas e explosões equivalentes a até 6 kg de TNT. Além disso, a cabine do caminhão é preparada para proteger a tripulação, composta por quatro homens, em ambiente NBC (nuclear bacteriológico e químico). A motorização é feita por um motor Volvo D9AAEE2 que produz 343 hp de potencia capaz de levar o Archer a uma velocidade máxima, em estrada, de 70 km/h. Já sua autonomia é de 500 km. A mobilidade do Archer foi projetada para superar situações dificílimas como, por exemplo, rodar sob um metro de neve.
Acima: A cabine do Archer é blindada contra impactos de disparos em calibre 7,62x51 mm perfurantes de blindagem e contra estilhações de granadas. Além disso, também é projetada para operar em ambiente NBQ (nuclear bacteriológico e químico).
O armamento é um canhão FH-77B de 155 mm com 52 calibres de comprimento capaz de disparar granadas  de artilharia comuns a uma distancia de 30 km. Esse alcance pode ser muito melhorado com o uso de granadas especiais como a granada M-802 Excalibur que pode atingir alvos a 60 km de distancia. Esta ultima munição, é interessante também, pois é guiada por GPS, conseguindo um índice de precisão de 10 m do ponto previsto (CEP). A granada Excalibur representa a mais precisa granada de artilharia já desenvolvida. O Archer pode transportar até 20 granadas de 155 mm. Para auxiliar nos cálculos de visada é usado um computador de controle de fogo que se baseia em dados de um sistema inercial e de um radar que mede a velocidade da granada na boca do cano.
O sistema de recarregamento do canhão se dá de forma automática, como visto em muitos dos novos projetos de veículos desse tipo, permitindo manter uma cadência elevada de tiro da ordem de 9 tiros por minuto. Para carregar o Archer quando a munição acaba, é usado um veículo de recarga baseado no mesmo caminhão Volvo A-30D e a recarga destas 20 granadas podem ser feitas em até 8 minutos.
O armamento secundário é composto por uma metralhadora controlada remotamente de dentro de Archer. Essa metralhadora pode ser em calibre 7,62x51 mm ou uma metralhadora pesada M2HB em calibre 12,7 mm (.50), esta montada em um sistema BAe LEMUR, equipado com um telêmetro a laser, câmera infravermelha e uma câmera de TV.
Acima: O canhão FH-77B de 155 mm com 52 calibres de comprimento capaz de disparar granadas  de artilharia comuns a uma distancia de 30 km. Muinições especiais, auto-propelida, podem ser usadas contra alvos a 40 km ou a 60 km, no caso do uso da granada guiada M-802 Exlalibur.
Acima: A torre remotamente controlada BAe LEMUR, equipado com um telêmetro a laser, câmera infravermelha e uma câmera de TV para ajudar na visada do alvo pode ser armada com uma metralhadora pesada M-2HB em calibre 12,7 mm (foto), ou uma metralhadora de uso geral em calibre 7,62x51 mm FN MAG ou a MG-3.
O modelo apresenta algumas importantes vantagens táticas quando comparado com as artilharias em uso atualmente no mundo. A mais notável é a agilidade do sistema. O Archer pode chegar a um ponto pré-estabelecido e em 30 segundos estar pronto para efetuar os disparos e sair em mais 30 segundos, impedindo a chance de um contra ataque. Essa mobilidade é a “estrela” deste sistema de artilharia. Outro ponto importante sobre a capacidade deste sistema de artilharia é a capacidade MRSI (Múltiple Round Simultaneous Impact) ou múltiplos impactos simultâneos. Para conseguir isso um computador de controle de fogo calcula a distancia do alvo e comanda o canhão que dispara vários tiros em ângulos diferentes para garantir que cada granada atinja o mesmo alvo ao mesmo tempo causando danos gravíssimos sobre ele. Provavelmente o Archer ainda vai ter uma longa e bem sucedida carreira no mercado internacional. Diversos países já demonstraram interesse nesse avançado sistema de artilharia, sendo alguns deles o exercito da Austrália, Índia e Canadá. Atualmente, no entanto, só a Noruega e a Suécia usam este sistema.

Acima: O Archer é acompanhado por uma viatura de recarga que usa o mesmo caminhão Volvo A-30D que faz a recarga do veículo artilhado.









Gostou desta publicação? Receba todas as novas matérias do WARFARE Blog nos seguindo nas redes sociais: INSTAGRAMFACEBOOKMeWe e TWITER. Não deixe de compartilhar também!
Prestigiem nossos parceiros também:
EBLOG: http://eblog.eb.mil.br
NAVIOS DE GUERRA WARFARE Blog: https://www.facebook.com/groups/2186884164961505/ 

5 comentários:

  1. Um sonho de consumo, o Brazil poderia aprofundar esta parceira com a Suécia para outros projetos, tanto para meios terrestres como para a marinha.
    Muito boa materia

    ResponderExcluir
  2. Seria muito bom se o Brasil desenvolvesse um sistema assim, baseado na plataforma do Astros. Mas acho difícil de acontecer, visto que o exército parece satisfeito com o M-109A5 adquirido dos EUA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O M-109A5 é um excelente sistema de artilharia. Os nossos são modernizados e embora não tenham toda a tecnologia embarcada no sistema Archer, pode cumprir seu papel com bom desempenho. O Archer é uma viatura bastante cara, sendo seu custo em torno de 5 a 6 milhões de dólares contra 2 milhões de dólares de um M-109A5. Vale lembrar que o M-109 pode ser atualizado para disparar as mesmas munições do Archer.

      Excluir

  3. It is amazing and wonderful to visit your site.Thanks for sharing this information,this is useful to me...
    http://chennaitraining.in/sap-mm-training-in-chennai/
    http://chennaitraining.in/sap-mss-training-in-chennai/
    http://chennaitraining.in/sap-pi-training-in-chennai/
    http://chennaitraining.in/sap-pm-training-in-chennai/
    http://chennaitraining.in/sap-pp-training-in-chennai/
    http://chennaitraining.in/sap-ps-training-in-chennai/
    http://chennaitraining.in/sap-qm-training-in-chennai/

    ResponderExcluir
  4. It is amazing and wonderful to visit your site.Thanks for sharing this information,this is useful to me...
    http://chennaitraining.in/building-estimation-and-costing-training-in-chennai/
    http://chennaitraining.in/embedded-systems-training-in-chennai/
    http://chennaitraining.in/vlsi-training-in-chennai/
    http://chennaitraining.in/matlab-training-in-chennai/
    http://chennaitraining.in/iot-training-in-chennai/

    ResponderExcluir