quarta-feira, 27 de abril de 2022

Milicianas cubanas com submetralhadoras tchecas

Plaza de la Revolución em Havana, Cuba, maio de 1963.
(Alberto Korda)

Por Filipe do A. Monteiro, Warfare Blog, 27 de abril de 2022.

Fotos de milicianas cubanas tiradas por Alberto Korda. Elas usam boinas e uniformes azuis claros e escuros, e portam as submetralhadoras tchecas Sa 23, que eram de dotação padrão da nova milícia cubana.

O modelo CZ 25 (corretamente, Sa 25 ou Sa vz. 48b/samopal vz. 48b - samopal vzor 48 výsadkový, "modelo de submetralhadora ano 1948 para") foi talvez o modelo mais conhecido de uma série de submetralhadoras projetadas pela Tchecoslováquia, introduzidas em 1948 Havia quatro submetralhadoras geralmente muito semelhantes nesta série: as Sa 23, Sa 24, Sa 25 e Sa 26. O projetista principal foi Jaroslav Holeček (15 de setembro de 1923 a 12 de outubro de 1997), engenheiro-chefe da fábrica de armas Česká zbrojovka Uherský Brod.

A Sa 23-26 tinha um ferrolho telescópico e foi a base para o projeto da submetralhadora Uzi israelense. Sua emissão foi ampla na milícia e as metralletas foram uma visão comum durante a Batalha da Praia Girón na Baía dos Porcos, em 1961.

"La Miliciana",
foto de Alberto Korda da cubana Idolka Sánchez, 1962
.

Samopal 25 de perfil.

Milicianas cuidando da aparência, 1962.

Capa do manual dos milicianos cubanos
após o recebimento dos fuzis Kalashnikov.

Alberto Korda

Alberto Díaz Gutiérrez, mais conhecido como Alberto Korda ou simplesmente Korda (14 de setembro de 1928 – 25 de maio de 2001), foi um fotógrafo cubano, lembrado por sua famosa imagem Guerrillero Heroico do revolucionário marxista argentino Che Guevara. A imagem tornou-se um símbolo da esquerda socialismo mundialmente e é famosa por estampar camisetas.

Guerrillero Heroico.
O famoso retrato de Che Guevara tirado por Alberto Korda em 1960.

Bibliografia recomendada:

The Bay of Pigs:
Cuba 1961.
Alejandro de Quesada e Stephen Walsh.

Leitura recomendada:


FOTO: Mulheres cubanas em Angola29 de março de 2022.

FOTO: Vespa cubana, 13 de janeiro de 2022.

FOTO: Guardando o Campo de Batalha8 de setembro de 2021.

Nenhum comentário:

Postar um comentário