quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Christopher Mark Heben ex-operador SEAL da Marinha fala sobre sua vida


Por Eric Sof, 4 de dezembro de 2013.
Tradução: Filipe do A. Monteiro.

Christopher Mark Heben é um ex-SEAL da Marinha dos EUA, pai dedicado, empresário, orador público, personalidade de televisão, ator, dublador, autor e cantor/compositor. Chris vive pelo Ethos dos SEALs da Marinha dos EUA. Ele concordou em responder algumas perguntas sobre os Navy SEALs, sua vida e sua carreira. Recebemos 9 perguntas "quentes" com respostas especialmente para você.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

APRESENTADO O PRIMEIRO VEÍCULO ROBÓTICO ANTI TANQUE DO MUNDO

ABU DHABI, IDEX 2019 - A poderosa empresa MBDA, conhecida pela sua forte atuação no desenvolvimento e fabricação de mísseis, se juntou a Milrem Robotics, uma empresa especializada em projetos de veículos remotamente pilotados  para emprego militar para desenvolverem o THeMIS, o primeiro veículo não tripulado projetado para destruir tanques de guerra. O THeMIS  foi apresentado na feira internacional IDEX 2019 em Abu Dhabi e revelou um UGV (veículo terrestre não tripulado) equipada com uma torre IMPACT (Integrated MMP Precision Attack Combat Turret) que permite o lançamento de dois mísseis anti tanque MMP, um modelo de míssil de 5º geração, que está sendo produzido desde 2017, que faz uso de um sistema de guiagem por infravermelho e TV e uma ogiva de alto explosivo capaz de penetrar 1 metro de blindagem de aço a uma distancia de até 4 km. Além dos dois mísseis, o THeMIS  possui uma metralhadora em calibre 7,62x51 mm para auto defesa. Foi informado que o novo veículo  opera com um motor hibrido diesel-elétrico que permite uma autonomia de 10 horas e acelerar a uma velocidade máxima de 22 km/h.


Gostou desta publicação? Receba todas as novas matérias do WARFARE Blog nos seguindo nas redes sociais: INSTAGRAMFACEBOOKMeWe e TWITER. Não deixe de compartilhar também!
Prestigiem nossos parceiros também:
EBLOG: http://eblog.eb.mil.br
NAVIOS DE GUERRA WARFARE Blog: https://www.facebook.com/groups/2186884164961505/

domingo, 24 de fevereiro de 2019

SEVERNOYE CLASSE TALWAR. Da Rússia para a Índia



FICHA TÉCNICA
Tipo: Fragata.
Tripulação: 193 tripulantes.
Data do comissionamento: Junho de 2003
Deslocamento: 4035 toneladas (totalmente carregado).
Comprimento: 124,8 m.
Boca: 15,2 m.
Propulsão: 2 turbinas a gás DS-71 com 9850 Hp cada e 2 turbinas a gás DT-59 que produzem mais 22185 Hp cada.
Velocidade máxima: 30 nós (56 km/h).
Alcance: 8980 Km.
Sensores: Sensores: Radar de busca aérea: Radar Fregat M2EM Top Plate com alcance de 300 km; Radar de busca de superfície: Radar 3TS-25E Garpun-B cujo alcance é de 140 km; Radar de navegação e busca de superfície de curto alcance: Radar Kelvin Hughes Nucleus-2 6000A; Radar de controle de fogo 3R14N, e  radar MR-90 Orekh; Sistema de controle de fogo Ratep JSC 5P-10E Puma; Sonar: sonar de casco APSOH.
Armamento: Um lançador vertical com 8 células para mísseis anti-navio 3M-54E (SS-N-27 Sizzler) ou míssil BraHmos; um canhão automático A-190E de 100 mm; dois sistemas Kashtam composto por 2 canhões de 30 mm GSh-30K e dois mísseis antiaéreos SA-N-11 Grison cada; Um lançador 3S-90 para mísseis 9M317 (SA-N-12) (24 mísseis); 8 mísseis antiaéreos guiados por calor Igla-1E; Um lançador de foguetes antissubmarino RBU-6000; dois lançadores duplos de torpedos de 533 mm SET-65E/53-65KE.
Aeronaves: 1 helicóptero anti-submarino Ka-28 Helix A ou Ka-31 Helix B ou HAL Dhruv.

MADURO, SUA BATATA ESTÁ ASSANDO.


Uma imagem que pode se tornar real se o comunistinha não largar o osso.

Gostou desta publicação? Receba todas as novas matérias do WARFARE Blog nos seguindo nas redes sociais: INSTAGRAMFACEBOOKMeWe e TWITER. Não deixe de compartilhar também!
Prestigiem nossos parceiros também:
EBLOG: http://eblog.eb.mil.br
NAVIOS DE GUERRA WARFARE Blog: https://www.facebook.com/groups/2186884164961505/ 

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

BAE SYSTEMS BOFORS FH-77 BW 52 ARCHER. O martelo de batalha viking!

FICHA TÉCNICA
Tripulação: 4 homens.
Motor: Um motor Volvo D9AACE2 com 343 hp de potência.
Peso: 33,5 toneladas.
Comprimento: 14,3 m.
Largura: 3 m.
Altura: 3,3 m.
Autonomia: 500 km.
Velocidade: 70 Km/h em estrada.
Passagem de vau: 1,2 m.
Obstáculo vertical: 0,50 m.
Trincheira: 0,9 m.
Inclinação frontal: 60º.
Inclinação lateral: 30º.
Armamento: Um canhão modelo FH 77B  com 52 calibres em calibre 155 mm;  Uma metralhadora M2HB em calibre 12,7 mm (.50) insrtalada em uma torre remotamente controlada Protector.
Alcance das granadas: Convencional: 30 km; Granada propelida: 40 Km a 60 km (granada Excalibur).

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

SAAB JAS -39 GRIPEN E. O guerreiro viking para a Força Aérea Brasileira

FICHA TÉCNICA
Velocidade máxima: Mach 2.
Velocidade de cruzeiro: Mach 1,2.
Razão de subida: *15240 m/min
Potência: 0,84.
Carga de asa: 71 lb/ft²
Fator de carga: 9 Gs
Taxa de giro instantânea: 30º/s
Razão de rolamento: 220º/s
Teto de serviço: 15240 m
Raio de ação/ alcance: 1300 km/ 4070km
Alcance do radar: Leonardo ES-05 Raven: 120 Km
Empuxo: Um motor General Eléctric F-414G com 9800 kgf de empuxo máximo.
DIMENSÕES
Comprimento: 15,2 m
Envergadura: 8,6 m
Altura: 4,5 m
Peso: 8000 kg (vazio).
Combustível Interno: 7495 lb
ARMAMENTO
capacidade total: 7200 kg de carga externa divididos por 10 pontos fixos entre asas e fuselagem.
Ar Ar: Míssil AIM-120 Amraam, Meteor, AIM-9 Sidewinder, Iris-T, Python 4, Python V, A-Darter, AIM-132 Asraam, Míssil Derby, MICA.
Interno: Canhão Mauser BK-27 de 27 mm com 120 munições.
Ar Terra: Míssil AGM-65 Maverick, RBS-15F antinavio, Bombas guiadas a laser da família Paveway (GBU-10, 12 e 16), Bomba dispensadora de submunições DWS-39 planadora, Bombas da família JDAM, guiadas por GPS (GBU-31, 32, 38), míssil antinavio RBS-15, míssil Taurus KEPD 350, Bomba guiada por GPS Spice, Bombas de queda livre da série MK-80.

sábado, 9 de fevereiro de 2019

LOCKHEED MARTIN F-35 LIGHTNING II. Um caça para todas as missões


FICHA TECNICA (F-35A)
Velocidade de cruzeiro: Mach 0.9 (1111 km/h)
Velocidade máxima:
 Mach 1.67 (2062 km/h)
Razão de subida: *15240m.
Potência: 0,89.
Carga de asa: 103.5 lb/ft².
Fator de carga: 9 Gs.
Taxa de giro instantânea: 26º/s.
Razão de rolamento: *250º/s.
Teto de Serviço: 18300 m.
Raio de ação/ alcance: 1400km/ 2800km.
Alcance do radar: AN/APG 81 - 150 km contra alvos de 1m2 de RCS.
Empuxo: Um motor Pratt & Whitney F-135 com 19100 kgf de empuxo máximo.
DIMENSÕES
Comprimento: 15,85m.
Envergadura: 10,40m.
Altura: 5,28 m.
Peso: 13199 kg.
Combustível Interno: 18479 lb
ARMAMENTO
Ar Ar: Míssil AIM120C/D Amraam, MBDA Meteor, AIM9X sidewinder, MBDA AIM-132 Asraam
Ar Terra: GBU-31 JDAM, AGM-154 JSOW, Raytheon AGM-65 Maverick, Raytheon AGM-88 HARM, Boeing AGM-84 Harpoon, SOM (míssil de cruzeiro).
Interno: 1 canhão General Electric GAU-22/A de 25mm.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

O A-29 SUPER TUCANO CONQUISTA SEU 14º CLIENTE!


A Força Aérea Nigeriana encomendou 12 aeronaves de treinamento e ataque leve A-29 Super Tucano da Embraer Defense & Security e sua parceira norte americano Sierra Nevada Corporation SNC.
As novas aeronaves serão fabricadas em Jacksonville, Estado da Flórida. Além das aeronaves, a Nigéria deverá adquirir um pacote de treinamento e suporte mais abrangente, ainda não definido.

Gostou desta publicação? Receba todas as novas matérias do WARFARE Blog nos seguindo nas redes sociais: INSTAGRAMFACEBOOKMeWe e TWITER. Não deixe de compartilhar também!
Prestigiem nossos parceiros também:
NAVIOS DE GUERRA WARFARE Blog: https://www.facebook.com/groups/2186884164961505/ 

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

HELICÓPTERO SB>1 DEFIANT INICIA OS TESTES DE SOLO


Em 31 de janeiro ultimo, o protótipo do helicóptero Sikorsky/ Boeing SB>1 Defiant iniciou os testes de solo e deu start em seus rotores coaxiais. este helicóptero visa atender o programa Future Vertical Lift (FVL) que tem o objetivo de fornecer um substituto para a frota de helicópteros de transporte médio UH-60 Black Hawk, o helicóptero de ataque AH-64 Apache, o helicópteros de transporte pesado CH-47 Chinook e o helicóptero de reconhecimento OH-58 Kiowa. Seu concorrente, nesse programa é o Bell/ Lockhhed martin V-280 Valour, que já está voando há algum tempo.



Gostou desta publicação? Receba todas as novas matérias do WARFARE Blog nos seguindo nas redes sociais: INSTAGRAMFACEBOOKMeWe e TWITER. Não deixe de compartilhar também!
Prestigiem nossos parceiros também:
NAVIOS DE GUERRA WARFARE Blog: https://www.facebook.com/groups/2186884164961505/ 

MAIS UM PASSO PARA A FUTURA GERAÇÃO DE CAÇAS EUROPEUS

No ultimo dia de janeiro de 2019, mais um passo importante foi dado na direção do futuro da aviação de combate europeia. Amanhã, dia 6 de fevereiro, o contrato deverá ser oficializado na França pelas ministras da defesa da França e Alemanha. O programa é conhecido na França como o Sistema de Combate Aéreo Futuro (SCAF – Système de Combat Aérien Futur) e em inglês como o Sistema Futuro de Combate Aéreo (FCAS – Future Combat Air System) e deverá substituir o Rafale na França e o Eurofighter na Alemanha em meados de 2040. Embora o projeto esteja em uma fase incipiente, a Dassault já mostrou um modelo em escala do que poderá ser o futuro avião de combate que será desenvolvido junto com a Airbus.  A Espanha pode ingressar nesse programa em um futuro a médio prazo. Certamente que esse projeto vai resultar em uma aeronave extremamente moderna.

Gostou desta publicação? Receba todas as novas matérias do WARFARE Blog nos seguindo nas redes sociais: INSTAGRAMFACEBOOKMeWe e TWITER. Não deixe de compartilhar também!
Prestigiem nossos parceiros também:
NAVIOS DE GUERRA WARFARE Blog: https://www.facebook.com/groups/2186884164961505/ 

domingo, 3 de fevereiro de 2019

BARRETT XM-109 AMPR. O martelo da Barret

FICHA TÉCNICA
Tipo: Fuzil lança granadas.
Sistema de operação: Recuo curto semi-automático.
Calibre: 25 x 59 mm.
Capacidade: 4 granadas no carregador mais um na câmara.
Peso: 15,1 kg.
Comprimento Total: 1,16 m.
Comprimento do Cano: 447 mm 17,6polegadas.
Miras: Sistema BORS ,mira telescópica, mira com ponto eletrônico etc
Velocidade na Boca do Cano: 790 m/seg.
Cadência de tiro: Armamento semi automático

domingo, 27 de janeiro de 2019

FN HERSTAL FAL - "FUSIL AUTOMATIQUE LÉGER". O velho guerreiro

FICHA TÉCNICA
Tipo: Fuzil de batalha.
Miras: De aço padrão "peep sight" Diversos modelos, miras reflex e ópticas, todas instaladas sobre o trilho picatinny (modelos modernizados)
Peso: 4,5 kg (vazio).
Sistema de operação: Aproveitamento de gases e ferrolho basculante.
Calibre: 7,62 X 51 mm.
Capacidade: 20 munições.
Comprimento: 1,10 m
Comprimento do cano: 21 polegadas (533 mm); 18 Polegadas (458 mm ) Para FAL
Velocidade na Boca do Cano: 838 m/seg
Cadência de tiro: 700 tiros/ min.

domingo, 20 de janeiro de 2019

BERIEV A-50 MAINSTAY. Os olhos e ouvidos da Mãe Rússia

FICHA TECNICA
Velocidade de cruzeiro: 600 km/h
Velocidade máxima: 800 km/h
Autonomia: 7 horas
Teto operacional: 10200 m.
Alcance: 7714 km; Em patrulha: 5745 km.
Empuxo: Quatro turbofans Aviadvigatel D-30KP Series 1 ou 2 cada com 12.000-12.500kg (26.465-27.557lb) de empuxo.
Radar e sistemas de missão: Vega Shmel-2 com 650 km de alcance para um alvo do tamanho de um bombardeiro, 400 km para um alvo do tamanho de um caça e 215 km para um míssil de cruzeiro, com o lançamento de um míssil a 1000 km. Uma coluna de blindados pode ser detectada a 250 km e um navio a 400 km. Até 300 alvos podem ser detectados ao mesmo tempo. O sistema pode vetorar até 40 interceptações simultâneas.  Outros sistemas de missão podem executar missões de inteligência de sinais e de comunicações
DIMENSÕES
Comprimento: 49,59n(com sonda de reabastecimento)
Envergadura: 50,5 m
Altura: 14,76 m
Peso: Vazio estimado, 75.000 kg; ; Máxima de decolagem 170.000 kg

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

GENERAL VILLAS BÔAS, COMANDANTE DO EXÉRCITO: UM LEGADO DE SERENIDADE E DEFESA INTRANSIGENTE DA CONSTITUIÇÃO

 
Brasília (DF) – Após quase quatro anos, o General de Exército Eduardo Dias da Costa Villas Bôas transmitiu o cargo de Comandante do Exército Brasileiro ao General de Exército Edson Leal Pujol na ultima sexta-feira, 11 de janeiro de 2019. Ele havia assumido a função no dia 5 de fevereiro de 2015, passando a conduzir os destinos da Força Terrestre e dos seus cerca de 220 mil integrantes.

Ao longo de sua gestão, o Gen Villas Bôas aliou a serenidade característica de sua personalidade à firmeza na ênfase do papel do Exército, definido na Constituição, especialmente nos momentos de instabilidade política e social. Traços marcantes e já plenamente reconhecidos em diversos textos publicados a seu respeito. Seu legado entra para a história.

Antes de assumir a mais alta função do Exército Brasileiro, o Gen Villas Bôas era o Comandante de Operações Terrestres. Coroamento de uma trajetória iniciada em 1º de março de 1967, quando esse gaúcho de Cruz Alta ingressou na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, em Campinas (SP). Infante de origem, encarnou a coragem e determinação típicas dos discípulos de Sampaio para enfrentar os desafios colocados à sua frente desde a assunção de Comando. Obstáculos de toda ordem, vencidos com a frase-síntese de seu pensamento e intenção, expostos em publicação interna: "vamos trabalhar com alegria; e muito"!

Em fevereiro de 2015, a conjuntura nacional era conturbada. O Brasil ainda vivia os reflexos das manifestações de 2013, que se estenderam após as eleições presidenciais do ano seguinte e não cessaram após o processo de impeachment. Em meio à turbulência, o General Villas Bôas foi a voz do Exército Brasileiro, deixando clara a percepção da crise ética vivida pelo País, mas ressaltando a importância da manutenção da estabilidade, da legalidade e da legitimidade, bem como a defesa da Constituição Federal.

O papel apaziguador do Comandante em meio à crise foi alvo de observações positivas por parte de autoridades de todos os níveis e veículos de imprensa do Brasil e do exterior. A aprovação também veio da maior parte da população, algo observável, por exemplo, nas milhares de interações do público nos espaços de comentários de órgãos de comunicação.

No campo operacional, mesmo diante das restrições orçamentárias impostas pelo contexto econômico desfavorável, o Gen Villas Bôas conduziu o Exército no cumprimento de suas missões. Os Projetos Estratégicos continuaram em andamento, a Força Terrestre concluiu com êxito sua a participação na Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti e contribuiu para a manutenção da segurança dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro.

Ao ser acionado, o Exército auxiliou a população em Operações de Garantia da Lei e da Ordem em estados como o Rio Grande do Norte e o Espírito Santo, restabelecendo a paz social. Assumiu papel de destaque na Operação Acolhida, ainda em vigor no Estado de Roraima, contribuindo para amenizar a crise humanitária na fronteira com a Venezuela. Por fim, o Exército esteve à frente da Intervenção Federal na Segurança Pública do Rio de Janeiro, colaborando para reduzir alguns índices de violência e reestruturar a Polícia Militar daquela Unidade da Federação.

Durante a inauguração do seu retrato na Galeria dos Antigos Comandantes do Exército, nessa quinta-feira, 10 de janeiro, o General Villas Bôas teve uma pequena amostra do reconhecimento por parte de seus subordinados, amigos e autoridades presentes na concorrida cerimônia. O bom combate foi combatido. A missão foi cumprida. A fé está guardada. Obrigado, Comandante!





Fonte: Agência Verde-Oliva


Gostou desta publicação? Receba todas as novas matérias do WARFARE Blog nos seguindo nas redes sociais: INSTAGRAMFACEBOOKMeWe e TWITER. Não deixe de compartilhar também!
Prestigiem nossos parceiros também:
NAVIOS DE GUERRA WARFARE Blog: https://www.facebook.com/groups/2186884164961505/ 

domingo, 13 de janeiro de 2019

CAÇA JF-17 Thunder em uma boa demonstração de suas compacidades de maneabilidade

O caça leve JF-17 Thunder, desenvolvido em conjunto pela China e Paquistão mostra suas qualidades de voo neste vídeo muito bem feito durante o show aéreo internacional em Radon, Polônia, em 2018
Se quiser conhecer mais detalhes sobre esta aeronave de combate é só clicar no link: https://www.warfareblog.com.br/2015/02/cac-pac-jf-17-thunder-um-moderno-caca.html



Gostou desta publicação? Receba todas as novas matérias do WARFARE Blog nos seguindo nas redes sociais: INSTAGRAMFACEBOOKMeWe e TWITER. Não deixe de compartilhar também!
Prestigiem nossos parceiros também:
NAVIOS DE GUERRA WARFARE Blog: https://www.facebook.com/groups/2186884164961505/ 

IRONHEAD Store
Revista norte americana contendo um catálogo de armas de fogo a venda no mercado dos Estados Unidos e seu preço médio. Embora seja edição de 2017 os modelos de armamentos e seus dados estão muito pouco defasados em relação a edição 2019. Além do catálogo, a revista conta com algumas matérias de testes e apresentação de modelos de armamentos comercializados naquele mercado.
Revista Usada, mas em muito bom estado de conservação.
Valor: R$ 42,00 já com o valor do frete ( Impresso registrado - Correios) Prazo de entrega até 8 dias uteis