quarta-feira, 23 de junho de 2021

O Exército Francês está testando arneses para lançar seus cães soldados de paraquedas

O exército adquire cerca de 300 cães por ano que acompanham as forças francesas, bem como os ministérios e administrações.

Para Simon Chodorge, L'Usine Nouvelle, 8 de janeiro de 2021.

Tradução Filipe do A. Monteiro, 23 de junho de 2021.

O cachorro, o melhor amigo do homem na terra e no céu. O Exército Francês revelou imagens impressionantes de cães soldados saltados de paraquedas com seus donos.


Você deve estar familiarizado com o trabalho em andamento no sucessor do Rafale ou no tanque do futuro. Outros projetos menos conhecidos unem a França e a Alemanha no setor de defesa. Inclusive em áreas de nicho como a criação de cães (cynotechnie)... Em dezembro de 2020, o Exército Francês apresentou dois projetos que devem permitir facilitar o salto de paraquedas de seus cães-soldados.

“Até hoje, o único arnês para cães paraquedistas datava da década de 1990 e não era mais adequado para o uso operacional moderno”, disse o Ministério das Forças Armadas em um comunicado. Um capitão do 132º Regimento de Infantaria Cinotécnica (132e Régiment d’infanterie cynotechnique132e RIC) trabalha desde 2015 com a empresa alemã Paratec para desenvolver um arnês mais ergonômico para o cão soldado e seu tratador.


Cães usados ​​para neutralização


Instalado em Suippes (Marne), o 132e RIC adquire cerca de 300 animais por ano, que apoiam as forças francesas, bem como os ministérios e administrações. Os cães soldados não procuram apenas explosivos ou munições. Eles também operam em teatros de operações sensíveis no exterior para detectar e neutralizar adversários.

O dispositivo pode assustar os amantes de cães. No entanto, o exército insiste na sua importância na absorção de choques durante a queda e ao abrir a vela. As patas do cão, por exemplo, permanecem protegidas no arnês para evitar uma fratura na aterrisagem. Com peso vazio de cinco quilos, o equipamento permite que o cão seja liberado em menos de 10 segundos para realizar, por exemplo, uma ação de neutralização.

“Uma mochila, um paraquedas, uma arma, um cão. Uma vez no solo, o soldado está pronto para um combate de alta intensidade”, explica o Exército Francês. Um vídeo de outubro de 2019 mostra um teste de vôo.


Uma máscara de respiração para cães

O projeto Arcane foi testado pela primeira vez em um manequim representando um cachorro. (Força Aérea e Espacial Francesa)

O arnês sozinho não era suficiente. Ao mesmo tempo, o exército teve que desenvolver um sistema para lançar cães de paraquedas de altitudes muito elevadas, onde o oxigênio é escasso. Uma unidade das forças especiais da Força Aérea trabalhou por dois anos no Projeto Arcane (Adaptador de respiração canina em evolução).

Os militares explicaram que tiveram que passar por estudos sobre a respiração canina em grandes altitudes, em colaboração com um hospital veterinário especializado. “A pesquisa existente sobre esse tipo de salto se limitou ao estudo da hipóxia em cães colocados em condições extremas em altas montanhas. Portanto, não tínhamos conhecimento de como manter as aptidões olfativas, atléticas ou acústicas do cão para esse tipo de salto”, explica o tenente por trás do projeto no site da Força Aérea e Espacial Francesa.



Adaptado à morfologia do cão, foi feito um protótipo em impressão 3D. Os primeiros testes de salto foram realizados com um manequim canino. Então, em novembro de 2020, o cão soldado Laos foi lançado com seu treinador de um C160 Transall. “Depois de cada salto, o Laos fazia exercícios de mordidas ou busca de explosivos, tudo sob controle veterinário”, explicou o tenente.

De acordo com o Exército Aéreo e Espacial Francês, essas inovações tornam a França o único exército do mundo a saltar sob oxigênio com uma equipe canina. “Ao saltar a uma altitude de 7.500 metros, eles podem ser lançados a mais de 20 quilômetros de seu alvo. Por ser tão furtivo, o inimigo não consegue detectar a presença dos comandos”, sublinha o Exército Francês.

Um tenente do Comando Paraquedista Aéreo Nº 10, ou CPA 10, iniciou o Projeto Arcano. (Força Aérea e Espacial Francesa)

Post-script: D Dog paraquedista

D Dog lançado de paraquedas.

D Dog, o famoso cão soldado dos Diamond Dogs.

Bibliografia recomendada:

AIRBORNE: A Guided Tour of an Airborne Task Force,
Tom Clancy.

Leitura recomendada:


Nenhum comentário:

Postar um comentário