domingo, 15 de agosto de 2021

LIVRO: O Pelotão de Assalto da Companhia de Granadeiros


Por Peter Samsonov, Tank Archives, 6 de agosto de 2021.

Tradução Filipe do A. Monteiro, 15 de agosto de 2021.

The Assault Platoon of the Grenadier-Company November 1944 German Army Pamphlet - Merkblatt 25a/16 é o segundo livro de Bernard Kast (Military History Visualized) e Christoph Bergs (Military Aviation History). Muito parecido com seu primeiro livro, The Assault Platoon of the Grenadier-Company é uma tradução de um panfleto tático alemão, mas sob um olhar mais atento é muito mais do que isso.

O Pelotão de Assalto da Companhia de Granadeiros:
Novembro de 1944.
Panfleto do Exército Alemão - 
Merkblatt 25a/16.
Bernard Kast e Christoph Bergs.

Assim como no primeiro livro [German Army Regulation on the Medium Tank Company], o texto original em alemão e a tradução em inglês são fornecidos lado a lado. Este livro não oferece apenas uma tradução, mas também uma interpretação do texto original. Uma vez que a língua alemã e a terminologia militar não são as mesmas hoje que eram na década de 1940, notas de rodapé são fornecidas para notificar o leitor sobre as mudanças. Existem também alguns conceitos ou termos com os quais se esperava que o leitor original estivesse familiarizado, mas é provável que um leitor moderno não saiba. Eles também são explicados nas notas de rodapé ou no glossário. Quaisquer ambigüidades potenciais que poderiam ter surgido em uma tradução para o inglês também são explicadas em notas de rodapé. Todos os diagramas foram redesenhados a partir dos originais e o texto é apresentado em alemão e inglês.

Embora o subtítulo do livro seja Panfleto do Exército Alemão - Merkblatt 25a/16, apenas um capítulo do livro é dedicado à tradução deste panfleto. O leitor também recebe uma série de suplementos mencionados no panfleto 25a/16, incluindo um panfleto semelhante para o pelotão de submetralhadoras da companhia de granadeiros, manual de marcha e formação, plano de batalha, exercícios de tiro e instruções para combate corpo-a-corpo, todos os quais contêm trechos relevantes de outros panfletos alemães. Existem também vários capítulos escritos do zero pelos autores: legendas para unidades e símbolos de mapa, um glossário, uma visão geral dos predecessores do fuzil StG 44 e uma ilustração da arma e seus componentes. O livro termina com uma extensa bibliografia, mostrando o quanto foi feito para garantir que o leitor tivesse o contexto completo ao ler os manuais fornecidos.

O livro consiste em 134 páginas fornecidas em alemão e inglês, bem como cerca de uma dúzia de páginas para a introdução, agradecimentos e bibliografia, que são impressas apenas em inglês. O resultado são cerca de 280 páginas de alguns dos conteúdos mais detalhados sobre o combate da infantaria alemã que já vi até hoje. Esta análise é baseada na Edição do Apoiadores de capa dura. A qualidade de impressão é alta e a encadernação é resistente. Não tenho motivos para acreditar que outras versões deste livro não sejam igualmente de alta qualidade.

Uma cópia de capa dura semelhante pode ser obtida por US$ 47,30 dólares, uma cópia de capa em brochura está disponível por US$ 29,60 no momento da redação.

Fãs desse formato também podem encomendar o terceiro livro de Kast e Bergs Stuka: A Doutrina do Bombardeiro de Mergulho Alemão aqui.

Post-script: O Grupo de Combate de infantaria alemão

O Grupo de Combate de Infantaria Alemão em 1940-1945.
(Grenadierschule)

O Grupo de Combate era o menor elemento de combate da infantaria alemã (que não formava esquadras-de-tiro). Como de praxe, o GC alemão girava em torno das metralhadoras (geralmente MG34 e MG42), com o GC sendo dissolvido caso perdessem a metralhadora do GC. O vídeo abaixo detalha as funções, postos e equipamentos do Gruppe alemão.


Bibliografia recomendada:

German Infantryman:
The German soldier 1939-45 (all models).


Leitura recomendada:





Nenhum comentário:

Postar um comentário