domingo, 26 de abril de 2020

GALERIA: Mini-Canhão de Assalto Improvisado

Tankette Renault UE carregando um canhão anti-carro PaK 36 de 37mm. (Colorização RC Universe)

Por Filipe do A. Monteiro, Warfare Blog, 26 de abril de 2020.

Com a queda da França, em junho de 1940, a Alemanha nazista capturou 3.000 tankettes Renault UE e UE2, que foram usados em várias funções de apoio na função de rebocador de canhões anti-carro (chamado "Infanterie UE-Schlepper 630(f)" no serviço alemão) e na sua função original de transportador de munição (chamado "Munitionsschlepper Renault UE(f)" no serviço alemão). 


Durante a guerra o Renault UE foi usado em outras funções tanto pelos Aliados quanto pelo Eixo, seja como rebocador de combustível em unidades blindadas, auto-metralhadora (Gepanzerte-MG-Träger Renault UE(f)), transporte de tropas (Mannschaftstransportwagen Renault UE(f)), limpador de neve (Schneeschleuder auf Renault UE(f) e Schneefräser auf Renault UE(f)), reconhecimento, e comunicação (Fernmeldekabel-Kraftwagen Renault UE(f) e Kleiner Funk- und Beobachtungspanzer auf Infanterie-Schlepper UE(f)e, como pode ser visto nestas imagens, como um canhão de assalto improvisado: o Selbstfahrlafette für 3.7 cm Pak36 auf Renault UE(f), dos quais 700 foram montados em 1941.

Esses caça-tanques improvisados serviram primordialmente na Operação Barbarossa, a invasão da URSS em 1941. Alguns sobreviveram até 1944.



Nenhum comentário:

Postar um comentário