terça-feira, 14 de julho de 2020

Exército dos EUA usa porto francês como novo ponto de partida para missão na Europa


Por John Vandiver, Stars and Stripes, 13 de julho de 2020.
Tradução Filipe do A. Monteiro, 14 de julho de 2020.

STUTTGART, Alemanha - Dezenas de helicópteros do Exército Americano iniciaram vôos na segunda-feira a partir de La Rochelle, um porto no oeste da França usado durante a Guerra Fria que agora está desempenhando um papel fundamental na mobilização de soldados para o flanco leste da OTAN.

Cerca de 60 Chinook, Black Hawks e Apaches da 101ª Brigada de Aviação de Combate (101st Combat Aviation Brigade, 101st CAB), com sede em Fort Campbell, Kentucky, estão indo para a Letônia, Polônia e Alemanha. A operação faz parte de uma rotação de nove meses conectada à missão Atlantic Resolve, focada em deter a potencial agressão russa.

Helicópteros da Brigada de Aviação de Combate da 101ª Divisão Aerotransportada, de Fort Campbell, Kentucky, começaram a chegar a La Rochelle, na França, em 7 de julho de 2020, para a sexta rotação do Atlantic Resolve. (Benjamin Northcutt / Exército dos EUA)


"O porto é vital para a recepção, preparação e movimentação da 101st CAB dos EUA para o continente europeu", disse o Exército Americano na Europa (U.S. Army Europe, USAREUR) em comunicado nesta segunda-feira. “O uso do porto de La Rochelle fortalece a relação bilateral França/EUA, proporcionando maior mobilidade militar para a defesa coletiva da Europa".

O USAREUR disse que é a primeira vez que usa o porto de La Rochelle para o esforço Atlantic Resolve, que começou em 2014 após a anexação pela Rússia da Península da Criméia da Ucrânia.

Os helicópteros da 101st CAB viajarão esta semana para encaminhar locais em Illesheim, Alemanha, onde cerca de 40 estarão estacionados. Aproximadamente 20 outros continuarão em Powidz, Polônia. Dez permanecerão em Powidz, um centro de logística e aviação cerca de 150 milhas a oeste de Varsóvia.

O porto de La Rochelle foi um centro essencial para o Exército durante a Guerra Fria e agora está sendo usado pela primeira vez como parte da missão Atlantic Resolve.


As 10 aeronaves restantes voarão para Lielvarde, Letônia. Espera-se que os soldados com a 101st CAB realizem missões de treinamento ao longo das fronteiras orientais da OTAN.

O USAREUR disse que os vôos que partem de La Rochelle estavam programados para ocorrer entre as 06h e as 18h, e que nenhum vôo de fim de semana está planejado. Antes dos vôos, o USAREUR emitiu avisos de que as comunidades na trajetória de vôo poderiam ver grandes formações de helicópteros.

"Esses vôos seguirão os procedimentos padrão de redução de ruído", afirmou o USAREUR.

Esperava-se que levasse cerca de uma semana para todas as aeronaves chegarem aos seus destinos.

Original: https://www.stripes.com/news/europe/us-army-uses-french-port-as-new-launch-point-for-europe-mission-1.637310

Bibliografia recomendada:



Leitura recomendada:

A Rússia está involuntariamente fortalecendo a OTAN?24 de fevereiro de 2020.

Operação Molotov: Por que a OTAN simplesmente entrou em colapso no verão de 202421 de maio de 2020.

101st Airborne, a "Nossa" Divisão29 de janeiro de 2020.

Repensando a estrutura e o papel das forças aeroterrestres da Rússia13 de julho de 2020.

Paraquedistas: a arma secreta da Rússia em uma invasão no Báltico26 de janeiro de 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário