sexta-feira, 10 de julho de 2020

COMENTÁRIO: Era uma vez a BERKUT

A unidade BERKUT na praça Maidan. (Imprensa ucraniana)

Por Eric SOF, Spec Ops Magazine, 6 de outubro de 2012.
Tradução Filipe do A. Monteiro, 10 de julho de 2020.

Berkut era um sistema de unidades especiais da polícia ucraniana dentro do Ministério do Interior e eles eram sucessores das forças especiais soviéticas ucranianas comumente conhecidas como OMON (Unidade Policial de Propósitos Especiais).

Eles eram considerados diretamente designados ao Ministério de Segurança Pública. Berkut era um acrônimo para "Unidade separada para tarefas especiais da milícia" traduzido do ucraniano. Foi dissolvida após as manifestações de Maidan, quando os membros da Berkut eram suspeitos de usar força ilegal contra seus cidadãos. Antes disso, a Berkut tinha uma unidade em todas as principais cidades ou regiões do país. Além de várias outras unidades policiais especiais, a Berkut da Ucrânia tornou-se o nome de todas as unidades especiais da polícia ucraniana. Além disso, o significado de Berkut na tradução pode ser interpretado como a águia dourada.

A unidade BERKUT na praça Maidan. (Imprensa ucraniana)

A História da Berkut

As ordens para a organização das unidades policiais da OMON para fins especiais na Ucrânia soviética foram emitidas em 28 de dezembro de 1988. As primeiras unidades foram formadas nas cidades de Kiev, Dnipropetrovsk, Odesa, Lviv e Donetsk. Após a queda da União Soviética, foi decidido manter as unidades OMON em todas as principais áreas. Isso aconteceu em 16 de janeiro de 1992. As ordens formariam uma nova unidade de reação rápida chamada Berkut. Ela foi totalmente implementado no início de 1993.

Responsabilidade da Berkut

As principais responsabilidades da unidade Berkut eram a segurança da ordem pública ou a manutenção da ordem civil durante atividades públicas em massa, como manifestações, desfiles, eventos esportivos, shows e muito mais. Também em locais onde há maior atividade criminosa, a Berkut entra em cena. Mais tarde, a Berkut recebeu várias novas responsabilidades, como proteção de VIP (very important person/pessoa muito importante) e proteção de testemunhas para pessoas envolvidas em depoimentos em casos importantes e perigosos.

A unidade BERKUT. (Imprensa ucraniana)

Organização

A Berkut era uma unidade de reserva do Ministério do Interior da Ucrânia e eles foram divididos em bases regionais dentro dos ministérios regionais. Desde 1997, eles estavam sob supervisão direta da GUBOZ (Diretoria de Combate ao Crime Organizado). Com a formação de outras unidades de resposta rápida denominadas Sokol (Águia) sob a diretiva GUBOZ, a Berkut foi transferida por uma diretiva da Diretoria de Segurança Pública para o Ministério do Interior da Ucrânia.

Membros da BERKUT com suas boinas vermelhas. (Imprensa ucraniana)

Dependendo da região, os batalhões da Berkut eram numerados entre 50 e 600 membros. Depende também da unidade de deslocamento onde pode ser na forma do regimento. Desde janeiro de 2008, a unidade era composta por dois regimentos, seis batalhões e 19 linhas separadas. Eles tinham aproximadamente 3250 membros. Um regimento estava em Kiev, enquanto o outro estava localizado na Criméia. O principal sinal de reconhecimento para os membros da Berkut era a boina vermelha como parte de seus uniformes cerimoniais.

Distintivo da BERKUT. (Polícia ucraniana)

A Berkut foi a sucessora da OMON ucraniana soviética e, durante muito tempo, eles foram responsáveis por operações policiais de alto risco envolvendo crises e prisões de reféns, entre as funções acima mencionadas. Eles foram dissolvidos da forma que existiam após os eventos de Maidan. O novo governo responsabilizou a Berkut pela maior parte das cem mortes de civis e o Ministro do Interior ucraniano Arsen Avakov assinou um decreto que dissolveu a agência, a qual foi substituída pela Guarda Nacional da Ucrânia.

Em março de 2014, as unidades Berkut estacionadas na República Autônoma da Criméia e em Sebastopol desertaram para o Ministério do Interior da Rússia durante a anexação da Criméia pela Rússia, depois que os territórios foram aprovados como sujeitos federais.

A Berkut efetivamente se tornou uma agência da Rússia quando as unidades foram autorizadas a preservar seu nome antigo, e agora servem dentro da Guarda Nacional da Rússia como gendarmerie da Criméia.

Bibliografia recomendada:


Leitura recomendada:

FOTO: Gorka do FSB1º de maio de 2020.

Dividendos da Diplomacia: Quem realmente controla o Grupo Wagner?22 de março de 2020.

COMENTÁRIO: Putin como Líder Supremo da Rússia1º de fevereiro de 2020.

A Batalha pelo Aeroporto de Donetsk - A história por dentro19 de janeiro de 2020.

Invasão Spetsnaz em um orfanato russo18 de janeiro de 2020.

FOTO: Spetsnaz Herói da Federação Russa7 de abril de 2020.

VÍDEO: Emboscada noturna das Spetsnaz na Síria27 de fevereiro de 2020.

Forças especiais russas mostram aos alunos da quinta série como enfrentar multidões7 de fevereiro de 2020.

GALERIA: Spetsnaz russos em Palmira, 201718 de fevereiro de 2020.

FOTO: Spetsnaz das SSO na Síria, 16 de maio de 2020.

FOTO: Sniper separatista na Ucrânia16 de maio de 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário