sexta-feira, 17 de julho de 2020

GALERIA: Comandos Anfíbios Argentinos com o FAMAS

O comando anfíbio ajoelhado no centro porta um FAMAS G2.

Baseados na cidade de Punta Alta e pertencendo à Fuerza de Infantería de Marina de la Flota de Mar (FIMFM), a Agrupación de Comandos Anfibios (APCA) é uma unidade de operações especiais da Infantería de Marina de la Armada de la República Argentina (IMARA) contando 600 operadores.

A APCA traça linhagem da Compañía de Exploración y Reconocimiento Anfibio, criada em 1966 e formada com base na Compañía de Infantería de Marina N.º 7. Sua primeira operação foi o assalto à Casa do Governador britânico em Stanley, nas ilhas Falklands, onde perderam o comandante da equipe de assalto: o Capitão-de-Corveta Pedro Giachino, a primeira baixa da Guerra das Falklands. Os comandos anfíbios argentinos foram fotografados após a rendição do governador usando camuflagem facial preta e toucas de lã. A foto do Primeiro-Cabo Jacinto Batista, armado com uma submetralhadora Sterling, balizando Royal Marines prisioneiros rodou o mundo tudo. Após a invasão inicial, os Comandos Anfíbios atuaram em funções de reconhecimento e vigilância.


O comando da direita tem uma luneta no seu FAMAS.

Comando anfíbio exibindo o raríssimo FAMAS G2 Comando, de cano curto.

Distintivo da APCA.

Comando anfíbio armado com o FAMAS G2 em companhia de comandos do exército (boinas verdes).

FAMAS G2 do observador apoiado no bipé.

Bibliografia recomendada:


A ilustração do centro é o Primeiro-Cabo Jacinto Batista. 

Leitura recomendada:

GALERIA: O FAMAS em Vanuatu, 22 de abril de 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário