quinta-feira, 4 de junho de 2020

PERFIL: Ivica Jerak, o croata que morreu como um herói americano

Master Sergeant Ivica Jerak.

Por Eric SOF, SpecOps Magazine, 4 de abril de 2016.
Tradução Filipe do A. Monteiro, 4 de junho de 2020.

Ivica Jerak era membro do 1º SFOD-D ou publicamente conhecido como Delta Force, a unidade especializada em guerra urbana, que foi morto em serviço no norte do Iraque em 2005, ao lado de dois outros soldados quando uma bomba explodiu perto da sua posição.

Para aqueles que não estão familiarizados com a história em seu país natal, podem achar estranho ver a inscrição na escola local. A placa escrita em ambos os idiomas, croata e inglês, contém a inscrição: “Esse playground e obras são dedicados à memória do Master-Sergeant Ivica Jerak, filho de Debeljak, cidadão dos Estados Unidos que foi morto em cumprimento do dever”.

Representantes militares dos EUA visitando a mãe de Ivica Jerak em 2012. (Foto: Sargento Kyle Wagoner)

Os objetos mencionados na inscrição são destinados aos moradores mais jovens da vila Debeljak, onde vivem 950 habitantes. Eles foram financiados pelo Comando de Operações Especiais Europa do Exército dos EUA, que doou US$ 130.000 para preservar a memória do MSG Jerak.

Vida pregressa

Ivica Jerak, filho de Mirko e Dusko, nasceu em 12 de outubro de 1962. Frequentou a escola primária na pequena aldeia Debeljak e Sukošan, enquanto em Zadar ganhou o título de marinheiro da marinha mercante. Depois de navegar pelos mares do mundo, ele desembarcou nos Estados Unidos em 1985 e apenas três anos depois se tornou soldado quando se alistou como médico de combate. Após o treinamento, ele foi designado para Fort Benning, na Geórgia, onde fazia parte da 690ª Companhia Médica. Ele também serviu no 3º Batalhão, 10º Grupo de Forças Especiais e no 1º Batalhão, 10º Grupo de Forças Especiais.


Ivica Jerak participou de muitas operações e missões militares em todo o mundo, incluindo operações internacionais de apoio à paz na Croácia, Bósnia e Herzegovina, e Kosovo. 

Ele deixou sua esposa Hye, uma cidadã americana da Coréia do Sul. Ele morava em Houston.

Como membro do 1º SFOD-D, ele foi morto em 25 de agosto de 2005, perto da cidade de Husaybah, no norte do Iraque. Ele foi enterrado no cemitério militar de Arlington.

Lápide de Ivica Jerak no Cemitério de Arlington. (Foto: XY)

Medalhas e cursos de Ivica Jerak


Entre seus companheiros soldados, ele era conhecido como Sensação Croata. Durante seus 17 anos de carreira militar, Jerak concluiu vários cursos, incluindo:

Curso de Precursor Paraquedista (Pathfinder Course), 
- Curso Ranger (Ranger Course), 
Curso Básico Paraquedista (Basic Airborne Course), 
Curso de Mestre-de-Salto em Linha Estática (Static Line Jumpmaster Course), 
Curso de Avaliação e Seleção das Forças Especiais (Special Forces Assessment and Selection Course), 
- Curso Médico de Operações Especiais (Special Operations Medical Course), 
Curso Técnico de Paramédico-Médico de Emergência (Emergency Medical Technician-Paramedic Course), 
Curso de Salto Livre Militar (Military Freefall Course), 
Curso de Mestre-de-Salto (Jumpmaster Course),
Curso Avançado de Oficial Não-Comissionado (Advanced Non-Commissioned Officer Course).

Medalha da Estrela de Bronze, concedida por "realização ou serviço heróico ou meritório".

Durante seu serviço, ele recebeu 47 decorações, incluindo quatro Medalhas da Estrela de Bronze (Bronze Star Medal), duas Medalhas do Coração Púrpura (Purple Heart Medal).

Medalha de Serviço Meritório de Defesa.

O MSG Ivica Jerak recebeu postumamente a Medalha da Estrela de Bronze com o dispositivo de Valor (V de Valour, coragem), a Medalha de Serviço Meritório de Defesa (Defense Meritorious Service Medal, DMSM) e outra Medalha do Coração Púrpura.

Reverso e anverso da Medalha do Coração Púrpura, concedida por "ser ferido ou morto em qualquer ação contra um inimigo dos Estados Unidos ou como resultado de um ato de qualquer inimigo ou forças armadas opostas".
Bibliografia recomendada:



Leitura recomendada:

PERFIL: Akihiko Saito, o samurai contractor2 de fevereiro de 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário