sexta-feira, 18 de dezembro de 2020

FOTO: O mais novo voluntário da Legião Francesa de Voluntários contra o Bolchevismo

"Na frente soviética: chefes da legião francesa posicionados no leste. Aos 15 anos, Léon M. é o soldado mais jovem da Legião. Ele nasceu em Tbilissi." Propagandakompanien der Wehrmacht - Heer und Luftwaffe (Bild 101 I), dezembro de 1941.

Por Filipe do A. Monteiro, Warfare Blog, 18 de dezembro de 2020.

Léon Merdjian tinha 15 anos, a idade limite para um combatente não ser considerado uma criança-soldado. Léon era um emigrado georgiano que chegou à França vindo de Tblisi com sua família antes do início da guerra; algumas fontes apontam para uma nobreza despossuída pelo regime soviético. A foto foi tirada perto de Golovbovo, Oblast de Pskov, Rússia, União Soviética em dezembro de 1941.

A Legião Francesa de Voluntários contra o Bolchevismo (Légion des volontaires français contre le bolchévisme, LVF) que serviu na Wehrmacht de 1941 a 1944. Sua designação oficial era 638º Regimento de Infantaria (Infanterieregiment 638). A LVF lutou na Batalha de Moscou (outubro de 1941 a fevereiro de 1942), sofrendo pesadas baixas. Pela maior parte da sua história, a LVF lutou em operações anti-partisan (Bandenbekämpfung, "Combate a Bandidos"). A unidade foi dissolvida em setembro de 1944, com seus efetivos sendo incorporados nas Waffen-SS, na Waffen Grenadier Brigade of the SS "Charlemagne" (depois 33. Waffen-Grenadier-Division der SS "Charlemagne" (französische Nr. 1)). Ao todo, 5.800 homens serviram na LVF.

Vídeo recomendado:

Bibliografia recomendada:

For Europe:
The French Volunteers of the Waffen-SS.
Robert Forbes.

Leitura recomendada:

FOTO: Soldados Soviéticos nas ruínas do Reichstag2 de dezembro de 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário