terça-feira, 22 de dezembro de 2020

FOTO: Comando francês com uma MG34 capturada

Tenente Senée da Tropa nº 6 (Francesa) posando com uma MG34 capturada na cabeça-de-ponte no rio Orne, Normandia, em junho de 1944.
O Tenente Senée se distinguiria no comando da Seção nº 1 da Tropa nº 6 durante combates de rua em Flushing, em 1º de novembro de 1944; ele seria morto em combate anos depois na Indochina.

Por Filipe do A. Monteiro, Warfare Blog, 22 de dezembro de 2020.

Durante a Operação Overlord, as Tropas nº 1 e 8 francesas foram incorporadas ao Comando nº 4 (No. 4 Commando, Ten-Cel Dawson) como Tropas nº 5 e 6 respectivamente, sob a 1ª Brigada de Serviço Especial (1st Special Service Brigade, Lord Lovat).

No Dia D, a 1ª Brigada de Serviço Especial do Lord Lovat esteve sob o comando da 6ª Divisão Aerotransportada britânica. O objetivo do Comando nº 4 (No.4 Cdo) era atacar uma bateria de costa com 6 canhões em Ouistreham na margem leste do rio Orne e do Canal de Caen,  na extrema esquerda da Praia Sword (Sword Beach); os 177 franceses foram encarregados do ataque ao ponto forte do Cassino Bella Riva no sul da bateria.

Desembarcando às 7:32h do dia 6 de junho de 1944 na praia Queen Red em La Breche, as tropas francesas realizaram o assalto que foi retratado no filme "O Mais Longo dos Dias" (The Longest Day, 1962).

O aguardado contra-ataque alemão se materializou pesadamente no dia 8, com artilharia, snipers e unidades de reconhecimento. Os comandos franceses sofreram pesadamente de fogo de snipers e morteiros; os comandos ouviram a aproximação de dois panzers e o Major Kieffer moveu todos os seus PIAT para engajar a ameaça. Duas companhias alemãs do Infanterie-Regiment 857 da 346. Infanterie-Division lançaram um ataque contra as posições francesas com o objetivo de romperem a linha e atingirem o Orne, com a cabeça-de-ponte sendo colocada sob pressão crescente. O combate atingiu a distância do corpo-a-corpo, o Cabo Laot lutou com três alemães e matou dois antes de ser baionetado. Patrulhas alemãs continuaram sondando agressivamente as posições francesas durante o dia 9 de junho. O Major Kieffer foi evacuado depois que seus ferimentos tornaram-se sépticos e o Tenente Lofi assumiu o comando.

No dia 10, os alemães lançaram o primeiro de vários ataques pesados contra a 1ª Brigada de Serviço Especial, atingido o No. 6 Cdo próximo a Bréville e então o No. 4 Cdo em Hauger. O próximo caiu sobre o No. 3 Cdo, seguido por um ataque contra os franceses no centro. A luta intensa atingiu novamente o combate aproximado, com tanques Panzer IV da 21. Panzer-Division infiltrando o perímetro. O combate continuou intensamente por todo o dia, mas a cabeça-de-ponte foi mantida. Até então, os comandos franceses haviam perdido 7 mortos e 22 feridos, com 70 homens ainda de pé. Durante a noite uma patrulha francesa ocupou a encruzilhada de Écarde para impedir incursões do Infanterie-Regiment 744 vindo do oeste.

Bibliografia recomendada:


Leitura recomendada:

FOTO: O mais novo voluntário da Legião Francesa de Voluntários contra o Bolchevismo, 18 de dezembro de 2020.

PINTURA: Assalto anfíbio soviético nas Ilhas Curilas24 de novembro de 2020.

FOTO: Soldado russo da Wehrmacht31 de outubro de 2020.

FOTO: Soldados Soviéticos nas ruínas do Reichstag2 de dezembro de 2020.

GALERIA: Manobra dos comandos navais no Tonquim9 de outubro de 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário