quinta-feira, 5 de março de 2020

Micro Tavor VS M4/M16


Por Elie Rappoport, Draft IDF, 28 de dezembro de 2017.
Tradução Filipe do A. Monteiro, 5 de março de 2020.

Todo soldado das FDI recebe uma arma quando se alista: seja temporariamente para treinamento básico ou ocasionalmente no turno de guarda, ou para a totalidade do seu serviço, como é o caso de soldados de combate. Durante o treinamento básico, o convocado geralmente recebe um dos três fuzis de assalto: um M4, M16 ou um Micro Tavor. Uma pergunta calorosamente debatida pelos soldados persiste: qual é melhor, o M4/M16 ou o Micro Tavor?


Tanto o M16 quanto o M4, fabricados nos Estados Unidos, foram vendidos a Israel como parte da assistência militar dos EUA nas últimas décadas e ainda estão sendo usados hoje pelas FDI. Lentamente, as FDI decidiram começar a eliminar gradualmente essas armas mais antigas em favor do Micro Tavor, feito em Israel.


No que diz respeito atualmente ao Corpo de Infantaria das FDI, os paraquedistas e as Brigadas Kfir ainda estão fornecendo o M4 para seus recrutas. O restante dos Corpos (Brigadas Golani, Givati e Nachal), no entanto, fizeram todos a transição para o Micro Tavor.


Outras unidades de combate, tais como a Artilharia e o Corpo Blindado, ainda hoje continuam a usar o antecessor amplamente antiquado do M4, o M16. Como é esperado com o todo das FDI com o tempo, essas unidades também substituirão seus fuzis fabricados nos Estados Unidos pelo Micro Tavor. 

Pergunte a qualquer soldado do exército israelense, e é provável que eles ofereçam sua opinião sobre qual é a melhor arma. Por fim, parece que, embora o M4 seja um excelente fuzil e tenha servido bem às Forças Armadas de Israel por muitos anos, os Micro Tavor lentamente estão no centro do palco como a arma padrão de escolha das forças armadas israelenses.

Nenhum comentário:

Postar um comentário