segunda-feira, 30 de março de 2020

FOTO: Legionários em La Valbonne

Foto muito rara de legionários do 11e REI durante uma inspeção no Campo de La Valbonne, no leste da França, em novembro de 1939. 

Com a declaração de guerra à Alemanha em 3 de setembro de 1939, a França recebeu cerca de 6 mil voluntários estrangeiros "pour la durée", ou seja, pela duração da guerra; a maioria europeus orientais fugidos do comunismo soviético e espanhóis republicados internados no insalubre campo de Bacarès nos Pirineus.

A Legião Estrangeira Francesa continuou guarnecendo o Norte da África, o Levante (Líbano e Síria) e a Indochina (Tonquim, Anam, Cochinchina, Laos e Camboja), mas providenciou quadros e efetivos da ativa e reserva para a formação de novas unidades. Aquelas formadas na França metropolitana foram o 11e REI (11ème Régiment Étranger d'Infanterie, 1º de novembro de 1939), o 12e REI (fevereiro de 1940), o Grupo de Reconhecimento Divisional 97 (Groupe de Reconnaissance Divisionnaire 97, fevereiro de 1940), e os Regimentos de Marcha de Voluntários Estrangeiros (Régiments de Marche de Volontaires Étrangers, RMVE) que receberam a maioria dos 6 mil voluntários pela duração da guerra; divididos em 21e RMVE, 22e RMVE (ambos formados em outubro de 1940) e 23e RMVE (maio de 1940).

Nenhum comentário:

Postar um comentário