domingo, 1 de março de 2020

Rússia restaura tanques T-34 soviéticos recuperados no Laos


Do site Euronews, 27 de fevereiro de 2020.
Tradução Filipe do A. Monteiro, 1º de março de 2020.

Trinta carros de combate soviéticos do tipo que se tornou lendário durante a Segunda Guerra Mundial estão sendo restaurados na Rússia após uma épica viagem tropical ao estado do Laos no sudeste da Ásia.



Alguns dos 30 tanques T-34 ainda estavam em uso pelas forças armadas do estado comunista quando a Rússia tomou conhecimento de sua existência e quando o Ministro da Defesa Sergei Shoigu concordou em sua restauração durante sua visita ao Laos no ano passado.

Atualmente, mais de 200 engenheiros e mecânicos estão trabalhando nos tanques pintados em cáqui em uma fábrica especializada em reparos, localizada nos arredores da cidade de São Petersburgo, no noroeste do país.

Eles serão totalmente restaurados até o final de março e, em 9 de maio, atravessarão a Praça Vermelha em um desfile militar especial para marcar o 75º aniversário da vitória dos Aliados sobre os nazistas, sob o olhar atento de líderes mundiais, incluindo o presidente francês Emmanuel Macron.

Os tanques trazidos do Laos foram construídos na década de 1950 no bloco soviético da Tchecoslováquia. 

Diz-se que o Laos os adquiriu em 1987 de seu aliado comunista, o Vietnã, onde foram usados em guerra com os Estados Unidos*.

*Nota do Tradutor: Mais fácil terem sido usados contra os chineses.

Os tanques T-34, poderosos e manobráveis, eram um cavalo de batalha soviético e particularmente importante por seu papel na Segunda Guerra Mundial, com mais de 58.000 exemplares construídos entre 1940 e 1946 e considerados essenciais na vitória militar da URSS sobre a Alemanha nazista.

Hoje, eles são raros na Rússia, pois muitos deles foram reformados após a Segunda Guerra Mundial ou sucateados. 

Por isso, a Rússia decidiu transportá-los por via marítima para a cidade de Vladivostok, localizada no extremo leste do país, e depois atravessar a Rússia de trem.

Quando chegaram, "sua condição técnica era realmente lamentável" e os trabalhadores até encontraram ninhos de pássaros neles, disse Roman Tchepurnov, diretor da fábrica de reparo de tanques nº 61, que faz parte do grupo Uralvagonzavod, que fabrica tanques e veículos blindados.

Original: https://fr.euronews.com/2020/02/27/la-russie-restaure-les-chars-t-34-sovietiques-recuperes-au-laos

Leitura relacionada:

A guerra de fronteira com o Vietnã, uma ferida persistente para os soldados esquecidos da China, 7 de janeiro de 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário