quinta-feira, 26 de março de 2020

FOTO: Bandeira nazista capturada em Monte Cassino

Soldados britânicos e sul-africanos exibindo uma bandeira nazista capturada no Monte Cassino, maio de 1944. (Carl Mydans/ LIFE Magazine)

Estes soldados da Commonwealth, a Comunidade Britânica, posam com uma bandeira nazista capturada enquanto escavadeiras dos Royal Engineers (reais engenheiros) abrem caminho nos escombros da cidade bombardeada de Cassino, na segunda metade de maio de 1944.

Em maio de 1944, a histórica abadia beneditina de Monte Cassino havia sido reduzida a escombros. Como parte da Operação Diadema, a tarefa de capturá-la foi dada ao 2º Corpo Polonês, mas seu ataque na noite de 11/12 de maio falhou. As posições alemãs dentro e ao redor das ruínas no alto da montanha (em cima das quais os soldados estão de pé) eram simplesmente fortes demais. Mais ao sul, no entanto, as tropas francesas conseguiram encontrar um caminho através das montanhas Aurunci em 16 de maio, as quais os alemães acreditavam serem intransitáveis, e agora podiam ver de cima o vale do Liri, por onde a Estrada 6 corria para Roma.

Um segundo ataque dos poloneses ao Monte Cassino, em 17 de maio, fez alguns progressos, dado que o avanço francês levou as tropas alemãs a iniciarem a retirada da Linha Gustav. Na manhã seguinte, a bandeira polonesa foi hasteada sobre as ruínas da abadia. 

A captura do Monte Cassino teve um preço alto. Os Aliados sofreram cerca de 55.000 baixas na campanha de Monte Cassino. Os números de baixas alemãs e italianas são estimados em cerca de 20.000 mortos e feridos. O total de baixas aliadas, abrangendo o período das quatro batalhas de Cassino e a campanha de Anzio, com a subseqüente captura de Roma em 5 de junho de 1944, ultrapassou 105.000. 

Esta imagem foi tirada em Kodachrome colorido original pelo fotógrafo Carl Mydans da revista LIFE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário