sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

Normandia: O GIGN formaliza sua chegada em Caen

 

Uma antena de gendarmes de elite será aberta em Caen (Calvados). Em 2 de fevereiro de 2021, o GIGN formalizou sua chegada. (Benoit Tessier/ Reuters)

Por Laurent Neveu, Ouest-France, 4 de fevereiro de 2021.

Tradução Filipe do A. Monteiro, 5 de fevereiro de 2021.

"O GIGN e suas antenas têm o prazer de anunciar o nascimento de sua irmã mais nova em Caen, em 1º de fevereiro de 2021".

Este foi o tom do anúncio do nascimento que o GIGN formalizou a sua chegada a Caen, nas suas redes sociais (Facebook e Instagram).

"O GIGN e as suas antenas têm o prazer de anunciar o nascimento da sua irmã mais nova em Caen, a 1 de fevereiro de 2021. Esta nova antena reforça a rede territorial de intervenção especializada para oferecer ainda mais segurança à população." (Postagem oficial do GIGN no Facebook)

Locais para preparar e proteger

Esta nova antena deverá “reforçar a rede territorial de intervenção especializada para oferecer ainda mais segurança à população”, comenta o grupo de intervenção da Gendarmaria Nacional.

Esta implantação já tinha sido confirmada à Ouest-France, em agosto de 2020, pelo Coronel Junqua, chefe dos gendarmes de Calvados. A partir do início de abril, aliás, cerca de dez pessoas virão preparar a chegada dessa antena. Porque há necessidades específicas para armazenar seu armamento, estacionar seus veículos blindados, proteger suas comunicações, mas também estabelecer contatos no bairro noroeste da França.

Os soldados serão instalados no coração do quartel de Caen, um recinto moderno entregue em 2011 no distrito de La Guérinière, onde o espaço foi liberado após o reagrupamento das regiões da gendarmaria da Baixa e da Alta Normandia, em Rouen.

Agora são sete antenas na França

Tradicionalmente cada uma composta por 32 efetivos, essas antenas devem subir para cerca de cinquenta, desde uma reforma promulgada no final de 2019.

As antenas do GIGN são agora sete na França metropolitana (Toulouse, Reims, Dijon, Orange, Nantes, Tours, bem como Caen agora) e sete no exterior (Guadalupe, Martinica, Guiana, Reunião, Mayotte, Nova Caledônia e Polinésia Francesa). Eles são uma espécie de intermediário entre os pelotões de intervenção locais e o GIGN, baseado em Versalhes.

Bibliografia recomendada:


Leitura recomendada:

GALERIA: Pinturas em aquarela sobre o GIGN do artista Alexis Le Borgne25 de abril de 2020.

FOTO: Cão especial de volta ao serviço3 de setembro de 2020.

FOTO: Operações conjuntas do GIGN, BOPE e CORE30 de janeiro de 2020.

FOTO: Cerimônia de incorporação dos novos operadores do GIGN29 de fevereiro de 2020.

AKS: A Força de Ação Especial da Polícia Dinamarquesa8 de outubro de 2020.

FOTO: 48º aniversário do GSG-926 de setembro de 2020.

Terrorismo: Ataque ao prédio antigo do Charlie Hebdo, 28 de setembro de 2020.

FOTO: Operador CQB da Heckler & Koch USA29 de janeiro de 2020.

FOTO: Contra-terrorismo clássico3 de setembro de 2020.

FOTO: Diensteinheit IX, unidade especial da Alemanha Oriental5 de março de 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário