quinta-feira, 3 de setembro de 2020

FOTO: Contra-terrorismo clássico

 

Operadores do GEO espanhol durante uma operação contra-terrorista contra os GRAPO, em 18 de janeiro de 1985.

O Grupo Especial de Operaciones (GEO) capturou cerca de 20 terroristas nessa operação.

Os Grupos de Resistência Anti-fascista Primeiro de Outubro (Grupos de Resistencia Antifascista Primero de Octubre, GRAPO) foram um grupo clandestino marxista-leninista espanhol com o objetivo de formar um estado republicano espanhol. Além do anti-capitalismo, ele era anti-imperialista, opondo-se fortemente à adesão da Espanha à OTAN.

Até o momento, a última ação violenta infligida pelos GRAPO data de 2006. Depois de ter sido bastante ativo no final dos anos 1970 e início dos anos 1980, atualmente o número cada vez menor de seus militantes, a falta de qualquer apoio social e a ação policial permitiu que as autoridades espanholas reivindicassem um número de vezes a dissolução dos GRAPO depois que os poucos militantes restantes do bando foram capturados. De acordo com a polícia espanhola, os GRAPO foi dissolvido depois que seis de seus militantes foram presos em junho de 2007, mas, formalmente, o grupo não anunciou sua dissolução e os GRAPO permanece incluído na lista da União Europeia de pessoas e organizações terroristas.

Símbolo dos GRAPO.

Bibliografia recomendada:

Leitura recomendada:

As forças armadas da Indonésia reforçam seu controle anti-terror17 de abril de 2020.

Unidade multidimensional "Ghost" das IDF completa o primeiro exercício19 de agosto de 2020.

FOTO: Diensteinheit IX, unidade especial da Alemanha Oriental5 de março de 2020.

A Mentalidade da Pontaria de Combate (Atualizado)12 de janeiro de 2020.

GALERIA: Ativação do Comando de Operações Especiais venezuelano30 de agosto de 2020.

Morte do Almirante Pierre Lacoste, ex-chefe da DGSE17 de janeiro de 2020.

FOTO: Commandos do GIGN em intervenção rural, 201518 de janeiro de 2020.

FOTO: Sniper belga da SIE/ESI, anos 9030 de janeiro de 2020.

GALERIA: Pinturas em aquarela sobre o GIGN do artista Alexis Le Borgne25 de abril de 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário