terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

GALERIA: Spetsnaz russos em Palmira, 2017


Por Filipe do A. Monteiro, Warfare Blog, 18 de fevereiro de 2020.

Spetsnaz do novo comando de Forças de Operações Especiais (Sily spetsial’nykh operatsii, SSO), criado em 2009 devido às lições da Guerra da Geórgia (2008), e ativado em 2013 como força estratégica das forças armadas russas. Os operadores estão armados com fuzis Kalashnikov AK74M de 5.45x39mm e com silenciadores, fuzis-metralhadores RPK74, metralhadoras de apoio geral Pecheneg e PK, além de alguns fuzis de precisão Steyr Mannlicher SSG 69 de 7,62x51mm. Vários sistemas de mira podem ser vistos.

Os Spetsnaz das SSO participaram das batalhas em Latakia, Raqqa e Palmira, além da proteção de bases russas. Em 11 de dezembro de 2017, as unidades da SOF garantiram a visita do presidente russo Vladimir Putin na Base Aérea de Khmeimim, cobrindo as direções mais perigosas do mar, ar e terra. Vladimir Putin mais tarde agradeceu pessoalmente a todos os militares envolvidos por seu desempenho exemplar da tarefa. O governo russo reconheceu a morte de 10 operadores das SSO e 4 desaparecidos (presumidos mortos) nas Síria.












Bibliografia recomendada:

Spetsnaz: Russia's Special Forces.
Mark Galeotti.

Leitura recomendada:




FOTO: Fuzil subaquático russo APS9 de dezembro de 2020.

FOTO: Entre dois leões na Síria4 de setembro de 2020.

FOTO: Spetsnaz das SSO na Síria16 de maio de 2020.


Nenhum comentário:

Postar um comentário