sexta-feira, 14 de agosto de 2020

Fechamento da base de fuzileiros navais em El Toro seguindo o novo formato do USMC

O Marine Wing Support Group 37, que foi desativado pelo Corpo de Fuzileiros Navais na sexta-feira, deu apoio terrestre a esquadrões de helicópteros. (Cortesia de Lance Cpl. Rebecca Eller)

Por Erika I. Ritchie, The Orange County Register, 17 de julho de 2020.

Tradução Filipe do A. Monteiro, 14 de agosto de 2020.  

A unidade dos fuzileiros navais antes baseada em El Toro foi desativada seguindo os planos para um Corpo de Fuzileiros Navais "leaner and meaner" (mais enxuto e malvado).

Uma terceira unidade de apoio da Ala Aérea dos Fuzileiros Navais - uma vez baseada na agora fechada Estação Aérea do Corpo de Fuzileiros Navais de El Toro (Marine Corps Air Station El Toro) - foi desativada na sexta-feira, 17 de julho, na Estação Aérea do Corpo de Fuzileiros Navais de Miramar (Marine Corps Air Station Miramar).

A unidade, o Marine Wing Support Group 37 (Grupo de Apoio 37 da Ala de Fuzileiros Navais), foi responsável por sincronizar os esforços de quatro esquadrões e como eles forneceram apoio terrestre.

A desativação da unidade libera tempo e recursos para um redesenho do Corpo de Fuzileiros Navais, conforme ordenado pelo Comandante, General David Berger, que enfatizou em seu plano de 2019 a importância do corpo militar se tornar “mais leve e rápido” no Pacífico.

Somos a força de resposta à crise do país, o que requer plataformas anfíbias de combate capazes e prontas e uma família de conectores modernos”, disse Berger em seu guia de planejamento para a revisão dos fuzileiros navais. “Nosso sistema de guerra expedicionária deve ser em rede, letal, resiliente e deve permitir um movimento mais rápido para novas tecnologias e capacidades mais rápido daquelas dos nossos adversários”.

Os fuzileiros navais estão despejando alguns de seus equipamentos e unidades legados, como companhias que entram e constroem pontes ou que operam tanques. Existem planos para os próximos cinco anos para cortar mais da ala aérea baseada em San Diego, incluindo um esquadrão Osprey e dois esquadrões de helicópteros.

O Corpo de Fuzileiros Navais reduzirá seu pessoal em 12.000 na próxima década. Vai investir recursos em novas tecnologias de combate, como drones, mísseis de precisão de longo alcance, robôs de reconhecimento e sistemas não-tripulados.

Normalmente, a desativação de sexta-feira teria incluído uma cerimônia de "pôr do sol" para aproximadamente 50 fuzileiros navais que serão enviados para servir em outras unidades. Mas, por causa das precauções contra o coronavírus, os oficiais da base decidiram não reunir um grande grupo, disse o tenente Zach Bodner, porta-voz da ala aérea.

A unidade foi ativada em 1º de julho de 1953, em Miami. A unidade de fuzileiros navais se mudou para El Toro em 1955 e então Miramar em 1998, onde permaneceu até agora.

O redesenho da força garante que o apoio terrestre da aviação será fornecido por cada um dos quatro esquadrões de apoio da ala de fuzileiros navais (Marine Wing Support Squadrons) que se enquadrarão nos Grupos de Aeronaves de Fuzileiros Navais (Marine Aircraft Groups) 11, 13, 16 e 39, respectivamente. A ala aérea continuará a se integrar à Marinha. Ao fazer isso, a 3rd MAW (3ª Ala de Aeronaves de Fuzileiros Navais) ultrapassará as ameaças emergentes e apoiará a I Força Expedicionária de Fuzileiros Navais, disseram oficiais fuzileiros navais.

Bibliografia recomendada:

Leitura recomendada:

Os EUA precisam de uma estratégia melhor para competir com a China - caso contrário o conflito militar será inevitável5 de fevereiro de 2020.

Fuzileiros navais americanos fecharão todas as unidades de tanques e cortarão batalhões de infantaria em grande reforma25 de março de 2020.

O Corpo de Fuzileiros Navais cortará ainda mais pessoal nos próximos anos, diz o Comandante27 de fevereiro de 2020.

Primeira oficial de infantaria feminina dos Fuzileiros Navais deixa o Corpo no momento que o Comandante clama por mais mulheres no Curso de Oficial de Infantaria27 de fevereiro de 2020.

Comandante dos Fuzileiros Navais americanos bane símbolos confederados de todas as instalações do Corpo de Fuzileiros27 de fevereiro de 2020.

Modernização do exército chinês: progresso, retórica e realidade27 de dezembro de 2019.

FOTO: Reais Fuzileiros Navais de Tonga no exercício RIMPAC 201223 de abril de 2020.

FOTO: Fuzileiros navais americanos em combate urbano12 de agosto de 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário