quinta-feira, 23 de abril de 2020

FOTO: Reais Fuzileiros Navais de Tonga no exercício RIMPAC 2012

Reais Fuzileiros Navais de Tonga no RIMPAC 2012.

Tonga contribuiu com um pelotão de infantaria de 30 homens reais fuzileiros navais; as armações inferiores dos fuzis estão gastas por causa de uso e limpeza. Os Reais Fuzileiros Navais Tonganeses são um único batalhão com uma companhia de comando e serviço e três companhias de infantaria leve, com sede em Fuaʻamotu. Os fuzileiros tonganeses, assim como as demais forças tonganesas, participaram nas missões no Afeganistão e no Iraque, apenas do tamanho diminuto do país.


Os reais fuzileiros navais tonganeses participam de um "sipi tau", uma dança cerimonial, fazendo a Haka durante uma cerimônia de arriamento da bandeira à bordo do acampamento Leatherneck, província de Helmand, Afeganistão, em 28 de abril de 2014.


O RIMPAC (Rim of the Pacific Exercise), o Exercício da Orla do Pacífico, é o maior exercício de guerra marítima internacional do mundo. O RIMPAC é realizado bienalmente durante junho e julho dos anos pares à partir de Honolulu, Havaí. É hospedado e administrado pelo Comando Indo-Pacífico da Marinha dos Estados Unidos, com sede em Pearl Harbor, em conjunto com as forças do Corpo de Fuzileiros Navais, da Guarda Costeira e da Guarda Nacional do Havaí, sob o controle do Governador do Havaí. 



Os EUA convidam forças militares da Orla do Pacífico e além para participarem. Até o momento, o Brasil participou apenas com observadores cancelando a sua participação duas vezes, em 2016 e 2018, alegando "compromissos de agendamento imprevistos".

O RIMPAC 2012 foi o 23º exercício da série e começou em 29 de junho de 2012, com a participação de 42 navios, incluindo o porta-aviões USS Nimitz e outros elementos do Carrier Strike Group 11, seis submarinos, 200 aeronaves e 25.000 militares de 22 nações. O exercício envolveu combatentes de superfície dos EUA, Canadá, Japão, Austrália, Coréia do Sul e Chile.

A Marinha dos EUA demonstrou sua "Grande Frota Verde" de embarcações movidas a biocombustíveis, para as quais comprou 450.000 galões de biocombustível, a maior compra individual de biocombustível da história a um custo de US$ 12 milhões. Em 17 de julho, o USNS Henry J. Kaiser entregou 900.000 galões de biocombustível e combustível tradicional à base de petróleo ao Carrier Strike Group 11.



Os exercícios de 2012 incluíram unidades ou pessoal dos seguintes países:
- Austrália, 

- Canadá, 
- Chile, 
- Colômbia, 
- França, 
- Índia, 
- Indonésia, 
- Japão, 
- Malásia, 
- México, 
- Holanda, 
- Nova Zelândia, 
- Noruega, 
- Peru, 
- República da Coréia, 
- República das Filipinas, 
- Rússia, 
- Cingapura , 
- Tailândia, 
- Tonga, 
- Reino Unido,
- Estados Unidos. 

A Rússia participou ativamente pela primeira vez, assim como as Filipinas, devido às crescentes tensões com a República Popular da China sobre a propriedade do Banco de Areia de Scarborough.



O RIMPAC 2012 também foi o cenário principal do filme Battleship (Battleship: A Batalha dos Mares, 2012).

Leitura recomendada:

GALERIA: O FAMAS em Vanuatu22 de abril de 2020.

FOTO: Os amotinados e o mistério do FAMAS na Papua Nova Guiné23 de abril de 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário