segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Agravamento da infecção anti-humana pelo ambientalismo

"Salve o Planeta, mate-se."

Por Wesley J. Smith, Evolution News & Science Today, 16 de novembro de 2017.
Tradução Filipe do A. Monteiro, 11 de dezembro de 2019.

Como escrevi em The War on Humans (A Guerra contra os Humanos), o ambientalismo tornou-se cada vez mais anti-humano, tanto em suas políticas propostas - como as que reduziriam a vitalidade econômica e impediriam a prosperidade humana - quanto em seu objetivo de reduzir a população humana.


Para efetivá-lo, este último exigiria imposições tirânicas. O planejamento familiar voluntário oferece grandes benefícios. Mas, na verdade, reduzir nossos números exigiria medidas com punho de ferro.


Afinal, a brutal política de filho único da China apenas retardou o crescimento populacional do país. A população chinesa não diminuiu - e o crescimento lento teve um custo tremendo para a felicidade do povo, distorcendo profundamente a demografia de seu país. De fato, o problema demográfico - dezenas de milhões a mais de homens do que mulheres - gerada recentemente pela política induziu a tirania chinesa a generosamente (ele escreveu sarcasticamente) permitir que seu povo agora tivesse um segundo filho.


Os ambientalistas e seus diversos aliados ficam zangados com o fato da maioria das pessoas não acharem que o suposto aquecimento global seja um item prioritário. Parte disso pode ser porque eles mostram continuamente como estão fora de contato com as alegrias e aspirações das pessoas comuns - pelas quais, quero dizer, as pessoas sãs.


O exemplo mais recente é do bioeticista (é claro!) Travis Rieder, que compara ter um filho a libertar um assassino da prisão para matar novamente. Ele escreve em um "Experimento de Pensamento" para a NBC News. De "A ciência prova que as crianças são ruins para a Terra":



“Se eu libertar um assassino da prisão, sabendo muito bem que ele pretende matar pessoas inocentes, então eu tenho alguma responsabilidade por essas mortes - mesmo que o assassino também seja totalmente responsável. O fato de tê-lo libertado não o torna menos responsável (ele fez isso!). Mas o fato de fazer isso também não elimina minha responsabilidade.

Algo semelhante é verdade, penso, quando se trata de ter filhos: uma vez que minha filha é um agente autônomo, ela será responsável por suas emissões. Mas isso não nega minha responsabilidade. A responsabilidade moral simplesmente não é matemática.”



Ó céus, tenha três filhos e será como deixar Charles Manson sair da prisão?




Rieder quer que todos nós tenhamos um filho a menos:


“A humanidade cresceu em grupos relativamente pequenos. Regras como "não machuque os outros" ou "não roube e trapaceie" são fáceis de entender em um mundo de interações amplamente individuais.


Porém, esse não é mais o nosso mundo, e nosso senso moral está evoluindo para refletir essa diferença. As decisões morais não são mais sobre matemática; ser parte da solução é importante.


A importância desse argumento sobre o tamanho da família é óbvia. Se ter um filho a menos reduz a contribuição de alguém para os danos das mudanças climáticas, a escolha do tamanho da família se torna moralmente relevante.”


Se você não faz parte da solução, faz parte do problema. Blá. Blá. Blá.



Vale a pena notar que Rieder, em uma conversa com Bill Nye, defendeu que “ao menos considerássemos” punir pessoas que têm “filhos extras”. Isso, no momento em que a Europa Ocidental e o Japão estão tendo poucos filhos, levando a uma crise demográfica.

Enquanto isso, as pessoas que vivem no mundo em desenvolvimento têm muitos filhos por causa das necessidades de sobrevivência.


Aqui está uma ideia. Permita o uso de combustíveis fósseis para construir uma rede elétrica em toda a África e aposto que a taxa de natalidade cairá. Mas os verdes não querem fazer isso. Eles insistem que os necessitados esperem até que tudo possa ser criado com energias renováveis, o que significa esperar por décadas. Isso é anti-humano porque condena as pessoas a vidas mais curtas e muito mais difíceis.


E aqui está outra: Dr. Rieder deve cuidar da sua própria vida sobre se e quando as pessoas decidem ter filhos. A Terra ficará bem seja lá o que eles decidirem.



Original: https://evolutionnews.org/2017/11/environmentalisms-worsening-anti-human-infection/?fbclid=IwAR3eJM5xTXqVb-zGXDYH4-5kjEaN7j9eyoL_dprIOg9p_H-i1NRgWg5MvgI

Leitura relacionada:

Recrutamento de Agentes Terroristas Ecológicos no Ocidente, 17 de fevereiro de 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário