sexta-feira, 24 de abril de 2020

FOTO: A última patrulha

Polícia de Campanha sul-vietnamita nas ruas de Saigon na manhã do fatídico 30 de abril de 1975.

A Força de Polícia Nacional de Campanha (Cãnh Sát Dã ChiếnCSDC) era uma força paramilitar da Polícia Nacional do Vietnã do Sul, criada em 27 de janeiro de 1966. Suas duas tarefas principais eram destruir a infra-estrutura vietcongue nas áreas habitadas rurais e urbanas, além de suprimir distúrbios civis. Seus efetivos eram formados por voluntários da polícia vietnamitas e das forças armadas, incluindo um influxo de forças especiais quando da dissolução do LLDB (Lực Lượng Đặc Biệt Quân Lực Việt Nam Cộng Hòa, Forças Especiais do Exército da República do Vietnã) em dezembro de 1970. Os militares  da Polícia de Campanha passavam por escolas do ARVN, como a Escola de Infantaria de Thu Duc, além de cursos em Dalat para oficiais e sargentos. Também era comum que militares da Polícia de Campanha fossem enviados para treinamentos em países vizinhos, como a Malásia e as Filipinas.

Em 30 de abril de 1975, depois que o presidente Duong Van Minh anunciou a rendição, o da CSDC, Tenente-Coronel Nguyen Van Long, cometeu suicídio ao pé do monumento do Corpo de Fuzileiros Navais sul-vietnamitas.

Leitura recomendada:

FOTO: Paraquedista do ARVN perto do fim20 de abril de 2020.

GALERIA: Bawouans em combate no Laos, 28 de março de 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário