sábado, 4 de abril de 2020

FOTO: Fuzileiros navais sul-coreanos no Vietnã do Sul

Fuzileiros navais sul-coreanos no Vietnã do Sul.

A República da Coréia (chamada ROK pelos aliados) enviou a 2ª Brigada de Fuzileiros Navais "Dragão Azul"(elevada a divisão em 1981), para o Vietnã do Sul como parte da sua contribuição à contenção comunista na Ásia. Os dragões azuis foram desdobrados na Baía de Cam Ranh, e mais tarde em Tuy Hoa, e estavam inicialmente armados com armas da época da Segunda Guerra Mundial: M1918A2 BAR, M1 Garand e M1919A4. Até muito mais tarde em sua missão, esses homens começaram a receber ajuda americana; geralmente usando o Colt XM16E1 e o Colt M16A1 (Modelo 603). Este seria o caso até que o Arsenal de Pusan, na Coréia, pudesse produzir o M16A1 licenciado.

Os fuzileiros navais coreanos usavam um uniforme no padrão de camuflagem baseado no padrão americano M1942 Spot (pintado), também conhecido como "Duck Hunter" (Caçador de Patos). Os fuzileiros navais coreanos eram conhecidos por serem cruéis em combate, a ponto de serem temidos pelos comunistas.



A 2ª Brigada de Fuzileiros Navais foi uma das três unidades enviadas pela ROK a fim de auxiliar nas operações no Vietnã. As outras duas foram a Divisão Tigre (Divisão de Infantaria Mecanizada da Capital) e a 9ª Divisão de Infantaria "Cavalo Branco". A ROK enviou 320 mil homens ao Vietnã de 1964 a 1973, mantendo uma força de 48-50 mil homens no Vietnã, a segunda maior força expedicionária aliada de Saigon.

Nenhum comentário:

Postar um comentário