sábado, 26 de setembro de 2020

FOTO: Salto noturno na chuva

Paraquedistas franceses aguardando a luz verde para saltar na região de Tessit, no Mali, em 24 de setembro de 2020.

Por Filipe do A. Monteiro, Warfare Blog, 26 de setembro de 2020.

Dadas as restrições de alongamento das distâncias e mobilidade impostas pela estação das chuvas, 80 paraquedistas do GTD Bruno foram lançados em operação por meio de um salto paraquedista noturno.

Os franceses vêm lançando pequenos saltos desde a invasão em 2013, geralmente bloqueando passos e ravinas para envelopar jihadistas com grande sucesso. A própria intervenção no Mali abriu com o salto de 200 homens do 2e REP (Legião Estrangeira) sobre o aeroporto de Timbuctu em janeiro de 2013. Saltando à frente o chefe da unidade então o Coronel Benoît Desmeulles, como é tradição.


O último salto realizado por forças convencionais antes de 2013 havia sido realizado em 2007 em Birao, na República Centro-Africana, embora tenha se limitado a uma equipe do GCP do 3ª RPIMa, que foram lançados como precursores antes do salto do Comando de Operações Especiais (COS). Em 2004, o 8º RPIMa também foi lançado no Kosovo, numa demonstração de força.

Bibliografia recomendada:


Leitura recomendada:

FOTO: Salto de Quarentena, 25 de maio de 2020.

FOTO: Salto de amizade na Polônia30 de agosto de 2020.

FOTO: Paraquedista soviético em salto livre8 de abril de 2020.

FOTO: Salto livre da Companhia Esclarecedora 17 do Exército Suíço9 de fevereiro de 2020.

O primeiro salto da América do Sul, 13 de janeiro de 2020.

101st Airborne, a "Nossa" Divisão, 29 de janeiro de 2020.




Nenhum comentário:

Postar um comentário